1 evento ao vivo

Alberto Valentim ainda não venceu com o Avaí, mas recebe apoio do elenco e diretoria

Treinador dirigiu o clube por seis partidas e acumulou dois empates e quatro derrotas no Brasileirão

22 ago 2019
17h29
  • separator
  • 0
  • comentários

Após as nove primeiras rodadas da Série A, o Avaí acumulou insucessos e buscou em Alberto Valentim a solução dos seus problemas. A ideia de ter um técnico jovem e promissor animou a diretoria que lhe entregou a responsabilidade de tirar o time da lanterna do Campeonato Brasileiro.Com algumas semanas para trabalhar, o comandante assumiu o time durante a pausa da Copa América e tentou impor o seu estilo de jogo. Com equilíbrio entre defesa e ataque, todos no clube se encheram de esperança para viver dias melhores na elite do futebol nacional.

André Palma Ribeiro/Avaí
André Palma Ribeiro/Avaí
Foto: Lance!

O que o Leão não contava era que, apesar dos métodos modernos, os resultados continuariam ultrapassados. Com seis jogos a frente do time, Valentim não mudou a rotina do Avaí e coleciona fracassos. No total, são quatro derrotas e dois empates.

Alvo de critica da torcida, o ataque permanece em baixa com apenas três gols marcados. Já a defesa não parou de sofrer gols. Antes da pausa o Avaí tinha sofrido 11 tentos em nove jogos. Agora, são 10 gols em seis duelos. Uma média de 0,83 por partida.

Internamente, a pressão em cima do treinador não é grande, o que dá sobrevida ao profissional para dar sequência no trabalho.

Dentro do grupo o discurso é de apoio a Valentim. Na coletiva, o capitão Betão isentou o comandante de responsabilidade e cobrou seus companheiros para melhorar o desempenho dentro das quatro linhas.

'O Valentim é o menos culpado no meu ponto de vista. Ele é quem tem mais crédito por assumir a decisão de lutar por nós. O trabalho tem sido sensacional. Posso colocar na lista que é um dos melhores que trabalhei. Tem as características dele, posse de bola e o time ganhou uma cara. Ele tem que insistir com o trabalho, compramos a ideia, mas tem que aprimorar, ter mais confiança. Temos que buscar dentro de nós isso. Não tenho críticas ao trabalho', disse.

No próximo domingo, o Avaí volta a campo e o adversário é o Corinthians, que vive um dos melhores momentos da temporada sob o comando de Fabio Carille.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade