0
Logo do São Paulo
Foto: terra

São Paulo

Ajax 'se cala' e São Paulo acerta renovação com Junior Tavares

Representantes do lateral esquerdo, cobiçado por holandeses, definiram a ampliação do vínculo com o Tricolor paulista até o final de 2021, com direito a aumento de salário

15 jun 2017
14h42
atualizado às 14h48
  • separator
  • comentários

Em meio ao período de transferências na Europa, o São Paulo deu um passo importante para atender a Rogério Ceni e não perder mais jogadores. Junior Tavares, que despertou interesse do holandês Ajax, acertou a renovação de seu contrato até o final de 2021. O novo vínculo deve ser assinado nas próximas semanas.

A informação sobre a prorrogação do compromisso do lateral-esquerdo foi dada inicialmente pelo Globo Esporte.com e confirmada pelo LANCE! O jogador de 20 anos recebeu aumento de salário para ampliar seu contrato atual, que se encerra em 2019.

- Na semana passada, encaminhamos a renovação com o São Paulo até o fim de 2021. Só falta assinar o contrato e é só falta análise jurídica na elaboração do contrato mesmo. Na semana que vem ou na outra, o novo contrato será assinado - disse Fabiano Carpegiani, representante de Junior Tavares, ao LANCE!

O São Paulo se mexeu enquanto o Ajax não se posiciona oficialmente para levar o jogador. O time teve observadores no Morumbi para vê-lo na vitória por 2 a 0 sobre o Avaí, no último dia 22, e um dirigente do clube, com voz ativa para fazer uma oferta, esteve no estádio para acompanhá-lo no triunfo sobre o Palmeiras, também por 2 a 0, no dia 27.

Comenta-se na Holanda que o Ajax prepara uma proposta de 8 milhões de euros (quase R$ 30 milhões) pelo lateral-esquerdo e nenhuma das partes envolvidas com ele descartam a negociação. Mas, até agora, nada oficial chegou, e Junior Tavares segue como peça importante no time de Rogério Ceni.

- Observadores do Ajax viram dois jogos no Morumbi, no mês passado, e voltaram para a Holanda. Disseram que gostaram bastante, que o Junior tem características que eles apreciam, só que não me falaram de valores. Pode ser que façam proposta, mas garanto: a cabeça do Junior está inteiramente dentro do São Paulo - falou Fabiano Carpegiani.

Junior Tavares foi formado pelo Grêmio, mas atuou pelo time sub-20 do São Paulo no ano passado e, após ser aprovado por Rogério Ceni, a diretoria comprou 50% de seus direitos econômicos. No acordo com o clube gaúcho, a equipe tem até 2019 para adquirir mais 30% dos direitos de Junior por um valor considerado baixo pela diretoria no Morumbi, até pela importância do jogador, presente em 31 das 31 partidas do time em 2017.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade