0

Agente de Thiago Neves sugere troca do TN30 por Diego, do Flamengo

A ideia do negócio veio do empresário de Thiago e não houve qualquer contato entre os clubes ou com o empresário de Diego, como revelou Itair Machado, vice de futebol

13 dez 2018
07h18
  • separator
  • comentários

O meia Thiago Neves, do Cruzeiro, sem dúvida é a grande estrela da temporada de especulações e negociações do futebol brasileiro. Cobiçado por Grêmio e Corinthians, o camisa 30 da Raposa pode ganhar um novo admirador: o Flamengo.
Não que o Rubro Negro tenha feito alguma proposta pelo jogador, mas o se agente, Leandro Lima, ofereceu ao Cruzeiro uma transação inesperada: fazer uma troca de Thiago por Diego, do Flamengo.

Diego seria trocado por Thiago Neves como sugeriu o agente doTN30 ao Cruzeiro-(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Diego seria trocado por Thiago Neves como sugeriu o agente doTN30 ao Cruzeiro-(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Foto: Lance!

O fato foi revelado pelo vice-presidente de futebol do Cruzeiro, Itair Machado, durante uma entrevista na Rádio Itatiaia.
- O que acontece com o Diego é que o procurador do Thiago Neves, o Leandro Lima, me perguntou se interessava trocar com o Flamengo. Não foi o Flamengo, foi o procurador dele, explicou Itair, que fez questão de reforçar que não houve qualquer negociação com o empresário e pai do jogador, Djair Ribas.

- Recebi um pai de um outro jogador, mas não foi do Diego. O pai do Diego não esteve aqui, não conheço o pai dele e eu, Itair, não conversei com o pai dele. Teve sim o pai de um outro jogador, aqui em Belo Horizonte, mas não é esse. Não é do Flamengo, disse o dirigente.

Diego e Thiago Neves estão com 33 anos, mas estão em momentos diferentes em seus clubes. Enquanto Thiago possui muito crédio na Raposa, Diego vem sendo cobrado constantemente pelos maus resultados do Fla, onde é um dos protagonistas. A troca poderia ser benéfica para uma mudança de ambiene, porém nada de oficial existe por parte do Rubro-Negro carioca.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade