0

Adílson Batista lamenta a falta de tempo para treinar

Com a nova derrota fora de casa, o Ceará entrou na temida zona do rebaixamento

10 out 2019
01h21
atualizado às 01h36
  • separator
  • 0
  • comentários

Na noite desta quarta-feira, Adílson Batista dirigiu o Ceará pela segunda vez e continua sem vencer. Agora, o algoz foi o Grêmio, que no estádio Centenário, bateu o Vozão por 2 a 1 e deixou a equipe na zona de rebaixamento.Sem tempo para desenvolver o seu trabalho dentro do clube, o comandante pediu paciência e um voto de confiança da torcida para melhorar a situação do Ceará no torneio.

Divulgação/Ceará
Divulgação/Ceará
Foto: Lance!

'Aqui é uma sequência, não podemos se radical. Mantivemos as linhas. Mudamos pouco. Tive dois dias para o Goiás e um dia para o Grêmio. Não é da noite para o dia que você acaba mudando. Precisamos ter paciência e entender isso', afirmou.

Com a derrota fora de casa e o bom resultado do CSA diante do Inter, o Ceará é o 17º colocado do Brasileirão, com 23 pontos. No fim de semana, o rival é o Avaí.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade