0
Logo do São Paulo
Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

São Paulo

Aderllan já se candidata à lateral: 'Sou são-paulino, vou para dentro'

Zagueiro vem treinando na posição de Militão, que cumpre suspensão na quarta-feira, e vibra com a possibilidade de ser titular pela primeira vez, mesmo se for improvisado

14 nov 2017
06h33
  • separator
  • comentários

Sem Militão, que cumprirá suspensão por ter sido expulso contra o Vasco, Dorival Júnior pode improvisar outro jogador defensivo na lateral direita diante do Grêmio, nesta quarta-feira, em Porto Alegre (RS). Aderllan nunca foi titular no São Paulo, mas tem treinado na posição e avisa: é um são-paulino que quer realizar um sonho de criança, na zaga ou em qualquer setor.

Zagueiro Aderllan diz que não é usado como titular na lateral há oito anos (Érico Leonan/saopaulofc.net)
Zagueiro Aderllan diz que não é usado como titular na lateral há oito anos (Érico Leonan/saopaulofc.net)
Foto: LANCE!

- Se eu jogar, não tem desculpa. Estou sempre trabalhando por uma oportunidade, surgiu ali e, se for para jogar de lateral, vou entrar e dar tudo. Desde criança, sonho em jogar pelo São Paulo. Seria egoísmo meu recusar. Se a oportunidade apareceu, tenho de agarrar. Quem não gostaria de ser lateral-direito do São Paulo, sendo são-paulino? Vou para dentro - disse ao LANCE!

Aderllan disputa posição com Araruna, volante de origem e intensamente vaiado ao jogar na lateral na última quinta-feira, e Buffarini, lateral-direito de origem, mas que não ficou nem no banco nesse domingo por opção de Dorival Júnior. Mas Aderllan treinou como lateral-direito em um dos times da atividade dessa terça-feira, e lembra da posição em que chegou a ser testado há oito anos, ainda no Pernambuco.

- Joguei em 2009 de lateral, no Salgueiro e no Araripina. Faz muito tempo. Depois, você pega as rotinas de ser zagueiro. Mas, ultimamente, nas linhas da defesa, quem joga pela direita ou pela esquerda acaba caindo para a lateral. Com a ajuda de todos, vai dar tudo certo - apostou.

Emprestado pelo Valencia até dezembro de 2018, Aderllan atuou como lateral com Dorival duas vezes, mas entrando no fim dos jogos contra Atlético-GO, no dia 4, e Vasco, no domingo. Seu outro jogo pelo clube foi no último dia 22, diante do Flamengo. Na soma, tem cerca de dez minutos em campo. Nesta reta final, seu objetivo é ajudar como puder na luta para encerrar de vez com qualquer risco de rebaixamento - faltam dois pontos, nas contas da equipe.

- Estamos em uma sequência muito boa na Série A e queremos manter isso nesta partida com o Grêmio, que, assim como nossa equipe, vem de empate na competição. Vamos procurar fazer um jogo de muita intensidade para sairmos desta rodada pontuando fora de casa - indicou Aderllan.

- O mais importante é se garantir matematicamente na Série A. Se tiver a possibilidade, após isso, de brigar por algo maior, brigaremos. Estamos muito focados nesta reta final de temporada e crescendo de produção a cada jogo no Brasileiro. Isso vem dando confiança ao grupo - prosseguiu.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade