0

Abel reclama de 'sofrimento' para vencer e tem número de vitórias na mente para livrar Cruzeiro da degola

O treinador da Raposa não perde com o time há sete partidas e mostrou alívio por finalmente deixar a zona do rebaixamento

1 nov 2019
06h02
atualizado às 06h02
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico do Cruzeiro, Abel Braga, chegou ao sétimo jogo sem derrota pelo Cruzeiro. O técnico perdeu apenas na estreia diante do Goiás. De lá para cá foram quatro empates e três vitórias no comando da Raposa. Após o terceiro triunfo, diante do Botafogo, 2 a 0, no Estádio Nilton Santos, no Rio, com gols de Cacá e Éderson, o sentimento do treinador era de alívio.

Apesar da sensação de tranquilidade, o treinador disse que não gostou da atuação do Cruzeiro no Nilton Santos.

- Uma equipe que está há sete jogos sem perder, e continuava na zona, cara, você não sabe o que é isso. É um misto de dor, de decepção, de confiança. Tudo se mistura. Hoje, dos sete jogos, foi o que nós jogamos pior. Não conseguimos nada. Conseguimos sair da zona, finalmente. Agora, domingo, tem só o Bahia. Depois, o Athletico-PR, depois só o clássico. Então, você vê o quanto isso é complicado - comentou o treinador, que fez uma projeção para o time afastar de vez o risco de queda.

Abelão também defendeu o Cruzeiro quando questionado sobre "cera" do time mineiro no Rio- (Marcello Dias/Light Press/Cruzeiro)
Abelão também defendeu o Cruzeiro quando questionado sobre "cera" do time mineiro no Rio- (Marcello Dias/Light Press/Cruzeiro)
Foto: Lance!

Abel tem um número "mágico" para confirmar a permanência da Raposa na primeira divisão.

-Temos menos um jogo, mas se necessita de menos uma vitória. Temos que conquistar mais quatro ou cinco vitórias-disse Abel Braga

Abelão reclamou do volume de sofrimento que o time passou para conseguir os três pontos diante do Fogão.

- O Cruzeiro hoje, aconteceu uma coisa que aconteceu com muito menos intensidade nos outros jogos, que foi sofrimento. Hoje o Cruzeiro conseguiu sair daqui vitorioso porque soube sofrer bastante. E isso também é virtude. Não sou um cara que reclamo da postura do adversário. Mas, empatei o jogo passado com o Fortaleza, com a vitória na mão, eles jogando por um erro de passe para buscar um contra-ataque e acharam em um erro individual o gol. Hoje não falhamos da intermediária para trás, mas sofremos muito. Não me incomodo, queria os três pontos. Precisava sair dessa zona. E claro, acho que isso vai fazer bem agora- desabafou.

Quando questionado se os cruzeirenses fizeram muita cera, Abel defendeu seus atletas.

- Você está ganhando três pontos e saindo da zona de rebaixamento. Sabe o que é isso? Então, meu camarada, hoje eu tinha que ganhar. Se caíram cinco, eu não concordo, mas se caíssem sete, eu não ia me incomodar com nada. Eu queria os três pontos. Acabei de dizer para vocês aqui hoje que, dessa invencibilidade de sete jogos, foi o pior jogo que fizemos. Mas, defender é virtude. E nós defendemos muito bem- concluiu.

Abel Braga está no Cruzeiro há um mês e em 24 pontos disputados, conseguiu 13 pontos, com um aproveitamento acima de 48%.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade