PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Abel lamenta Palmeiras com poucas chances de classificação, mas explica Paulistão como teste para a base

Embora tenha exposto sua chateação com a derrota para a Inter de Limeira, o treinador valorizou as oportunidades para as Crias da Academia

30 abr 2021
01h14 atualizado às 01h14
0comentários
01h14 atualizado às 01h14
Publicidade

O Palmeiras foi derrotado, nesta quinta-feira (29), por 1 a 0, pela Inter de Limeira e se complicou de vez em seu grupo no Paulistão. Abel Ferreira concedeu entrevista coletiva após a derrota, e comentou sobre a situação do clube no torneio, explicando a condição da competição como "laboratório da base".

Abel comandou o Palmeiras na derrota desta quinta-feira, diante da Inter de Limeira (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Abel comandou o Palmeiras na derrota desta quinta-feira, diante da Inter de Limeira (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Foto: Lance!

- Quando acabou a última temporada, eu e a direção tivemos uma conversa séria. Hoje estou assumindo: é uma competição, única e exclusivamente, para dar oportunidade aos mais novos. Mas sempre que joga, joga o Palmeiras. Queríamos ganhar, mas não conseguimos - declarou Abel.

Além disso, o treinador deu ênfase nos erros individuais e explicou que a falta de entrosamento e a utilização de jogadores jovens proporcionou um maior número de falhas do time durante a competição.

- A primeira oportunidade flagrante foi nossa, mas futebol é eficácia. No final, nosso adversário fez o gol que caiu de um erro nosso. E nós não conseguimos fazer nenhum gol. Eles aproveitaram bem o nosso erro. Erros individuais que custam pontos. Quando analisamos os gols que sofremos, contra Guarani, Mirassol e o de hoje, são gols que têm relação com as dores de crescimento (erros de jogadores da base) - afirmou.

Por fim, devido à lista de jogadores lesionados que só cresce, o português lamentou mais uma contusão (de Wesley) e explicou que a falta de opções foi o que o obrigou a escalar uma equipe sem zagueiros de origem.

- Ele vai continuar a ter oportunidades porque não temos mais jogadores. Vai continuar a jogar. E, a cada jogo que passa, menos jogadores temos - esclareceu Abel sobre o lateral cria da base do Verdão.

- Kuscevic, Veron e Lucas Lima lesionados. Hoje mais um. Preparamos o time por minutos jogados. Só jogou o Danilo (na zaga) e foi bem. Henri não estava na melhor forma. São situações que são consequência de jogadores da base - finalizou.

Com poucas chances de classificação no Campeonato Paulista, Abel Ferreira volta a comandar o Palmeiras neste domingo (29), às 20h, contra o Santo André, no Canindé, em jogo válido pela décima rodada do Paulistão.

Lance!
Publicidade
Publicidade