0

Abel Ferreira tem o 2º melhor início no Palmeiras desde 2015

Em seus primeiros oito jogos à frente do clube, o treinador português registra seis vitórias, um empate e uma derrota

1 dez 2020
08h43
atualizado às 08h58
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

É consenso entre elenco, torcida e imprensa que o início do trabalho de Abel Ferreira no Palmeiras é bom e animador. Em seus primeiros oito jogos, o treinador português registra seis vitórias, um empate e uma derrota, o que configura um aproveitamento de 79%, tendo marcado 15 gols e sofrido apenas quatro.

Abel Ferreira tem deixado uma boa impressão no comando do Palmeiras (Foto: Divulgação/Palmeiras)
Abel Ferreira tem deixado uma boa impressão no comando do Palmeiras (Foto: Divulgação/Palmeiras)
Foto: LANCE!

Tais números colocam Abel Ferreira no segundo lugar entre todos os técnicos que passaram pelo Palmeiras desde 2015, levando em conta o recorte de oito primeiros jogos.

O líder da lista é Roger Machado, com seis vitórias e dois empates (83% de aproveitamento). No entanto, é de ressaltar que Roger assumiu o time no início da temporada de 2018, portanto, esses números foram conquistados em jogos do Paulistão, enquanto Abel teve pela frente Brasileirão e fases mata-mata de Copa do Brasil e Libertadores.

Empatado com o atual treinador na vice-liderança do ranking aparece Marcelo Oliveira, com exatamente os mesmos números, exceto por um gol sofrido a menos. Marcelo assumiu o time em meio à temporada de 2015 e registrou seus números em jogos do Brasileirão e em uma partida das fases preliminares da Copa do Brasil (ASA de Arapiraca, primeiro gol de Gabriel Jesus como profissional).

Curiosamente, as duas piores posições da lista pertencem ao mesmo treinador: Cuca. Em suas duas passagens - em 2016 e 2017-, Cuca registra os mesmos 41% de aproveitamento nos primeiros oito jogos, com três vitórias, um empate e quatro derrotas.

Abel Ferreira tem alguns argumentos que o favorecem na discussão: uma tabela mais difícil por ter assumido em um período decisivo da temporada, elenco mutilado por desfalques em decorrência da pandemia e o contexto da única derrota até então, na qual o gol do Goiás foi marcado em um chute improvável nos minutos finais de um jogo que o Palmeiras, já seriamente desfalcado, esteve com um jogador a menos por um grande período. O empate diante do Ceará também merece considerações, uma vez que o time entrou em campo com a vantagem por 3 a 0 do jogo de ida.

Confira a lista completa dos primeiros oito jogos de todos os treinadores que passaram pelo Palmeiras desde 2015:

Legenda: Vitórias (V), Empates (E), Derrotas (D), Gols Pró (GP), Gols Contra (GC), Aproveitamento (%)

Abel Ferreira - 6V, 1E e 1D, 15 GP, 4 GC, 79%

Vanderlei Luxemburgo - 5V, 2E, 1D, 15 GP, 5 GC, 70%

Mano Menezes - 5V, 2E, 1D, 15 GP, 7 GC, 70%

Felipão - 5V, 2E, 1D, 9 GP, 1 GC, 70%

Roger Machado - 6V, 2E, 0D, 14 GP, 5 GC, 83%

Alberto Valentim - 5V, 1E, 2D, 20 GP, 11 GC, 66%

Cuca (2017) - 3V, 1E, 4D, 9 GP, 7 GC, 41%

Eduardo Baptista - 4V, 2E, 2D, 14 GP, 6 GC, 58%

Cuca (2016) - 3V, 1E, 4D, 12 GP, 13 GC, 41%

Marcelo Oliveira - 6V, 1E, 1D, 15GP, 3 GC, 79%

Oswaldo de Oliveira - 6V, 0E, 2D, 15 GP, 6 GC, 75%

Veja também:

Ceni tem o 2º pior aproveitamento do Fla nos últimos 10 anos
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade