PUBLICIDADE

Kawan Pereira conquista ouro inédito para o Brasil no Mundial Júnior de saltos ornamentais

Atleta de 19 anos colecionou mais uma grande conquista no ano. Na mesma prova, Rafael Fogaça terminou na 12.ª colocação

3 dez 2021 15h42
ver comentários
Publicidade

Kawan Pereira conquistou nesta sexta-feira o título da prova do trampolim de 3 metros do Mundial Júnior de saltos ornamentais, que está sendo realizado em Kiev, na Ucrânia. O atleta brasileiro, de 19 anos e nascido no Piauí, faturou a primeira medalha de ouro na competição para atletas da categoria júnior na história da modalidade no Brasil.

Para chegar à final, Kawan passou pelas eliminatórias em 11.º lugar com 473,25 pontos. Na final, apenas com 12 atletas, o atleta brasileiro conquistou o ouro no trampolim de 3 metros com 532,60 pontos. O ucraniano Danylo Konovalov fez os mesmos 532,60 pontos e também ganhou a medalha de ouro. Em terceiro lugar, ficou o colombiano Leonardo Varela (521,95 pontos).

Essa é a segunda medalha do Brasil na história de Mundiais Júnior. Em 2002, Hugo Parisi, atual chefe de equipe da delegação em Kiev, e Ubirajara Barbosa foram ao pódio no nado sincronizado.

Na mesma prova em que Kawan foi campeão, o brasileiro Rafael Fogaça terminou na 12.ª colocação com 414,45 pontos. A competição não teve participação de atletas da China, principal potência da modalidade.

Kawan vive um ano espetacular. Além da medalha de ouro no Mundial Júnior, foi o brasileiro a ficar no Top 10 em uma prova de plataforma em Jogos Olímpicos - 10.ª colocação na plataforma 10 metros em Tóquio-2020 - e conquistou o bronze nos Jogos Pan-Americanos Júnior de Cali, na Colômbia, que teve as competições de saltos ornamentais encerradas no último domingo.

Estadão
Publicidade
Publicidade