4 eventos ao vivo
Logo do Juventude
Foto: Arthur Dallegrave / Juventude

Juventude

Juventude e Figueirense empatam sem gols em Caxias do Sul

17 nov 2017
23h33
atualizado às 23h33
  • separator
  • comentários

Na noite desta sexta-feira, em duelo em Caxias do Sul, Juventude e Figueirense empataram sem gols pela 37ª rodada da Série B. O time gaúcho pressionou durante boa parte da partida, mas a equipe alvinegra soube se defender bem e somar mais um ponto na tabela de classificação. Com o resultado, o Figueirense alcança os 45 pontos e sobe para a 14ª colocação. O time catarinense pode perder uma posição e ser ultrapassado pelo Goiás que joga neste sábado contra o Internacional. Além disso, a equipe alvinegra termina o campeonato sem vencer fora de casa, sob o comando do técnico Milton Cruz. Já o Juventude chega aos 51 pontos e permanece no oitavo lugar. Caso o Brasil-PEL vença o Boa Esporte neste sábado, o Xavante pode ultrapassar o time de Caxias na classificação.

Os jogadores do Figueirense entraram em campo sabendo que o clube estava matematicamente livre da possibilidade de rebaixamento para a Série C. Isso porque na partida de abertura da rodada, Guarani e Luverdense empataram sem gols. Assim, a equipe de Lucas do Rio Verde foi a última rebaixada para a Série C nesta edição da Segunda Divisão.

O Juventude teve apenas um desfalque. O técnico Antônio Carlos Zago não contou com o atacante Caprini, expulso no duelo contra o América-MG na última rodada. Contudo, o treinador teve o retorno do centroavante Tiago Marques à equipe. No Figueirense, a ausência foi do lateral-direito Dudu, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Para substituir o jogador, o técnico Milton Cruz colocou Pereira na posição. O treinador teve o retorno do meia Renan Mota, que cumpriu suspensão automática na última rodada.

Primeiro tempo

Logo no primeiro minuto, o Juventude chegou no ataque pela direita. O lateral-direito Bruno Ribeiro cruzou para Ramon, no meio da área, desviar de cabeça. A bola subiu muito e saiu para tiro de meta.

Aos 9 minutos, o Figueirense chegou com perigo. O meia João Paulo recebeu na entrada da área e arriscou um chute à meta adversária. A bola saiu fraca e o goleiro Matheus Cavichiolli defendeu com tranquilidade.<

Os donos da casa buscavam criar as principais jogadas da partida enquanto o Figueirense se fechava e apostava nos contra-ataques.

Aos 18 minutos, o atacante do Juventude Tiago Marques recebeu a bola na área e chegou a balançar as redes, mas o auxiliar já assinalava a posição irregular, que foi confirmada pelo juiz da partida.

O Juventude quase abriu o marcador aos 24 minutos. Após cruzamento de Felipe Lima pela direita, a bola passou por Ramon e Naylor, sobrando no pé de Tiago Marques. O atacante finalizou de primeira e a redonda saiu à esquerda do goleiro Saulo.

Em novo ataque pela direita, o meia Felipe Lima cruzou para a área, o goleiro Saulo saiu mal da meta e deu um tapa na bola para o meio da área. A redonda sobrou para o atacante Tiago Marques, que encheu o pé esquerdo, mandando um chute cruzado com muita força, mas a bola subiu muito e saiu para tiro de meta.

O Juventude foi superior ao Figueirense e pressionou bastante o time catarinense, mas a equipe alviverde abusava das jogadas pelas laterais com cruzamentos para a área. Ao todo, o Ju levantou 16 bolas na área adversária enquanto o Figueira fez essa jogada apenas uma vez.

Segundo tempo

O Figueirense retornou com mudanças na equipe para a segunda etapa. O técnico Milton Cruz tirou o zagueiro Naylhor, lesionado, e colocou Marquinhos na posição. O Juventude voltou a campo sem alterações no time que iniciou o duelo.

Aos 4 minutos, em contra-ataques rápido pela esquerda do Figueirense, o meia Jorge Henrique visou levantar a bola na área, mas a redonda foi em direção ao gol e quase surpreendeu o goleiro Matheus Cavichiolli, que estava adiantado no lance. Porém, a bola saiu para tiro de meta.

Em jogada individual, aos 8 minutos, o atacante Henan passou pela marcação e, na entrada da área, arriscou um chute à meta. O goleiro Matheus Cavichiolli se jogou na esquerda e segurou firme a redonda.

O Juventude respondeu dois minutos depois. No lance, o atacante Ramon avançou pela direita e puxou a redonda para o meio, onde tentou a conclusão. A bola explodiu na marcação e, no rebote, dentro da área, Wallacer chegou para concluir, mas o arqueiro Saulo fez boa defesa.

Aos 13 minutos, o time alviverde desperdiçou uma grande chance de balançar as redes. Após cobrança de escanteio de Pará, o zagueiro Micael cabeceou e o goleiro Saulo espalmou. Na sobra, quase na pequena área, o atacante Tiago Marques finalizou com muita força, mas o lateral Pereira tirou quase em cima da linha.

Após recuperar a bola no meio de campo, os jogadores do Figueirense fizeram uma bela troca de passes, aos 19 minutos. O lance terminou com Ferrugem cruzando rasteiro na segunda trave para João Paulo empurrar para o fundo das redes. Contudo, o auxiliar assinalou impedimento do jogador do Figueirense e o tento foi anulado pela arbitragem.

O meia João Paulo queria muito o gol. Aos 22 minutos, o jogador arriscou um forte chute de fora da área, obrigando o goleiro Matheus Cavichiolli a saltar na direita de defesa e espalmar a bola para escanteio.

Aos 30 minutos, o Figueirense teve mais um gol anulado devido à posição irregular do jogador. No lance, após cobrança de falta, Zé Antônio estava muito adiantado para cabecear livre para o gol.

O Juventude aumentou a pressão no final da partida. Aos 38 minutos, após cobrança curta de escanteio, Bruno Ribeiro fez bela jogada pela direita passando por dois marcadores e concluiu, mas a redonda explodiu na marcação, saindo para outro escanteio. O jogador Yago foi para a cobrança e Mateus Santana subiu mais alto para desviar. A bola passou perto da trave direita de defesa do goleiro Saulo.

No último lance da partida, em contra-ataque rápido do Figueirense, Ferrugem encontrou Dudu Vieira pela direita, o jogador invadiu a área e chutou cruzado. O goleiro Matheus defendeu e Micael afastou o perigo.

Agora os dois times possuem apenas mais um compromisso na temporada e retornam a campo na última rodada da Série B. Na terça-feira, às 20h (de Brasília), o Juventude enfrenta o Santa Cruz, no estádio do Arruda, em Recife (PE). No sábado, às 17h30 (de Brasília), o Figueirense recebe o Paysandu, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

FICHA TÉCNICA

JUVENTUDE X FIGUEIRENSE

Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)

Data: 17 de novembro de 2017, sexta-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade - ES

Assistentes: Fabiano da Silva Ramires - ES e Vanderson Antonio Zanotti - ES

Público: 2.414 pagantes

Renda: R$ 22.310,00

Cartões amarelos: Pará, Wesley Natã, Diego Felipe (Juventude); Zé Antônio (Figueirense)

JUVENTUDE: Matheus Cavichiolli, Bruno Ribeiro, Micael, Mauricio e Pará; Mateus Santana, Felipe Lima (Yago), Diego Felipe, Wallacer (Wesley Natã) e Ramon (João Paulo); Tiago Marques.

Técnico: Antônio Carlos Zago

FIGUEIRENSE: Saulo; Pereira, Naylhor (Marquinhos), Henrique Trevisan e João Lucas; Dudu Vieira, Zé Antônio, Renan Mota (Ferrugem), Jorge Henrique e João Paulo (Guilherme Lazaroni); Henan.

Técnico: Milton Cruz

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade