PUBLICIDADE

Jogos Paris 2024: entenda por que maior parte da equipe da Globo ficará no Brasil

Cobertura da empresa contará com mais de 400 profissionais, que estarão divididos entre Brasil, Paris e Taiti

21 jun 2024 - 11h27
Compartilhar
Exibir comentários

Em coletiva de imprensa no Rio de Janeiro, a Globo detalhou como será sua cobertura dos Jogos Olímpicos de Paris 2024. A equipe da emissora focada no evento terá mais de 400 profissionais e, como já era esperado, a maior parte não sairá do Brasil.

Foto: Lance!

Serão 16 equipes de reportagem - cerca de 65 pessoas - in loco na França. Além disso, a empresa enviará uma equipe ao Taiti, onde será disputada a competição de surfe. O restante - formado por narradores, apresentadores, comentaristas e outros colaboradores - ficará no Rio de Janeiro.

Mas, afinal, quais os motivos por trás desta decisão? Segundo executivos da Globo, o avanço da tecnologia e os aprendizados com a cobertura dos Jogos de Tóquio, durante a pandemia, foram cruciais para a empresa repetir o "formato à distância" nesta edição.

- É uma decisão muito fundamentada e pensada. A tecnologia nos permite gerar uma qualidade de imagem e som para o telespectador que vale a pena a gente ficar aqui. Nas Olimpíadas, que tem uma quantidade enorme de sinais simultâneos, a gente entende que pode tomar essa decisão. Quando a gente fala de Copa do Mundo ou Libertadores, é um outro olhar - explica Joana Thimoteo, diretora de Transmissões Esportivas e Gestão de Elenco do Esporte da Globo.

- A pandemia fez com que a gente buscasse soluções e aprendesse o que a tecnologia nos oferecia em Tóquio. A gente viu que era possível fazer isso de uma forma que nos era confortável e passamos a replicar isso em outros eventos. Na Copa do Mundo, que tem uma dinâmica diferente, a gente fez um mix de modelos. Para os Jogos Paris 2024, desde o início, a gente já pensava desta forma. Com o que a tecnologia nos oferece hoje, é uma tendência que a gente passe a fazer cada vez mais deste jeito - disse Renato Ribeiro, diretor de Esporte da Globo.

Entre os jornalistas escolhidos para estarem em Paris, estão Karine Alves, Marcelo Barreto, Bárbara Coelho e Luiz Teixeira, por exemplo. Além deles, alguns nomes - como Luís Roberto, Milton Leite, Daiane dos Santos e Ítalo Ferreira - estarão na França apenas para a transmissão da cerimônia de abertura e depois retornam ao Brasil.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade