0
Logo do Jogos Pan-Americanos
Foto: terra

Jogos Pan-Americanos

Brasileiro lembra erro antes do ouro: vivi 10 min de terror

Jogador da Seleção de handebol relembra erro que quase custou medalha de ouro

26 jul 2015
14h01
  • separator
  • comentários

Diogo Hubner passou perto de ter sido o vilão brasileiro em Toronto. O camisa 13 teve a chance de assegurar a medalha de ouro contra a Argentina, realizada no sábado, pela final do torneio masculino de handebol, mas perdeu a poucos segundos do fim o tiro de 7 metros quando a partida estava empatada em 24 a 24.

Por causa do erro, o jogo foi para a prorrogação de dois tempos de 5 minutos. No tempo extra, porém, a Seleção conseguiu se recuperar psicologicamente e conquistar pela terceira vez o título em Jogos Pan-Americanos.

Hubner teve a chance de decidir o jogo no tempo normal
Hubner teve a chance de decidir o jogo no tempo normal
Foto: Osmar Portilho / Terra

No jogo, ele havia acertado três das três cobranças anteriores, mas perdeu a mais importante. “Eu particularmente vivi 10 minutos do pior terror da minha vida no esporte. Vinha cobrando muito bem o tiro de 7 m durante a competição e acabei falhando”, disse Hubner, de 32 anos.

Apesar do erro, Hubner foi um dos destaques e o artilheiro brasileiro do jogo com seis gols, ao lado de Thiagus Petrus. O jogador admitiu que a Argentina estava enlatada na garganta dos atletas após perder em Guadalajara 2011 e o Campeonato Pan-Americano no Uruguai, em 2014.

“A gente perdeu em Guadalajara 2011 e o Pan do Uruguai. Foram derrotas doloridas. Esse título tira o peso das costas e coroa o trabalho que tem sido feito há três anos pelo Jordi Ribera (treinador)”, comentou.

Com a conquista, a Seleção Brasileira agora irá concentrar as suas forças na preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A Argentina, vice em Toronto, também estará presente na competição.

 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade