0
Logo do Jogos Pan-Americanos
Foto: terra

Jogos Pan-Americanos

Diante de hegemonia dos EUA, Canadá se destaca por volta ao 2º lugar do Pan

26 jul 2015
20h50
  • separator
  • 0
  • comentários

Com 103 medalhas de ouro, 81 de prata e 81 de bronze, os Estados Unidos confirmaram, ao fim das competições em Toronto, uma hegemonia que já dura 20 anos nos Jogos Pan-Americanos. Campeão geral seis vezes seguidas, desde Mar del Plata (1995), o país se mantém absoluto no cenário esportivo da América. As atenções se voltam, então, para o Canadá, que conseguiu um resultado histórico em casa ao ficar na vice-liderança (78 ouros, 69 pratas, 70 bronzes).

As 217 medalhas diante da torcida nacional levaram o país de volta ao segundo lugar geral, resultado que não era obtido desde 1967, quando o Pan foi realizado também no Canadá, mas na cidade de Winnipeg, palco também dos Jogos de 1999, quando os anfitriões ficaram em terceiro.

Se comparado ao desempenho da nação em Guadalajara 2011, com quinto lugar no quadro geral, o resultado de Toronto, impulsionado pela escalação de atletas de elite para obter boa performance em casa, é notável.

O Brasil se consolida no terceiro lugar ao completar o pódio pela terceira vez seguida, em série iniciada no Rio de Janeiro, em 2007. Com 41 medalhas de ouro, 40 de prata e 60 de bronze, o país conseguiu relativa folga em relação a Cuba, nação tradicional em Jogos Pan-Americanos que fechou o quadro com 36 ouros, 27 pratas e 34 bronzes.

O top 5 é fechado pela Colômbia, que somou 27 ouros, 14 pratas e 31 bronzes. A Argentina, por sua vez, ficou com a sétima colocação, mesmo posto que havia obtido nos Jogos de Guadalajara, em 2011. O México, por sua vez, saltou do quarto lugar em casa na última edição para a sexta posição em 2015.

Com apenas um bronze conquistado ao longo da competição, quatro países garantiram seu lugar nos últimos postos do quadro de medalhas: Bermuda, Costa Rica, São Cristóvão e Nevis e São Vicente e Granadinas.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade