0

Brasileiros conquistam ouro e prata no ciclismo do Parapan

16 nov 2011
23h29
atualizado em 17/11/2011 às 01h37

João Schwindt e Soelito Gohr foram os destaques da prova de perseguição individual do ciclismo nos Jogos Parapan-Americanos de Gualajara. Nesta quarta-feira, os brasileiros conquistaram as medalhas de ouro e prata respectivamente, em dobradinha na categoria C4-5, disputada por atletas com maior grau de deficiência, normalmente amputação em um membro superior e um inferior.

Veja o quadro de medalhas dos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara

Os brasileiros competiram na primeira série da final. João Schwindt foi o mais rápido, percorrendo os 4.000 m da prova em 4min47s956. Soelito Gohr ficou com a prata ao terminar em 4min53s343, tempo bem abaixo em relação ao colombiano Diego Dueñas, que cravou 4min48s893. A final contava com apenas quatro candidatos, mas o lugar ao pódio foi garantido quando o americano Samuel Kavanagh foi desclassificado.

Outra final a contar com brasileiro foi a dos 1.000 m contra o relógio feminino. Nesta, no entanto, as brasileiras Marleide da Silva e Nelma Raizer foram as únicas a ficar sem medalha, terminando em quarto e último lugar. O ouro ficou com as canadenses Robbi Weldon e Marie Molnar, enquanto a prata terminou com as americanas Karissa Whitsell e Lisa Turnbull. O bronze foi conquistado pelas argentinas Lidia Britos e Alejandra Alliegro.

Brasileiros conseguiram dobradinha no ciclismo em Guadalajara
Brasileiros conseguiram dobradinha no ciclismo em Guadalajara
Foto: Márcio Rodrigues/Fotocom / Divulgação
Fonte: Terra
publicidade