0

Brasileiro conquista bronze no halterofilismo parapan-americano

18 nov 2011
23h32

Luiz Carlos Novaes conquistou, nesta sexta-feira, a medalha de bronze do halterofilismo nos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara. Na categoria de 72 kg a 82,5 kg, ele levantou 175 kg e conseguiu garantir um lugar ao pódio. Claudemar Santin foi outro brasileiro a participar da prova, mas sem conseguir um lugar no top 3: acabou na quarta colocação.

Veja o quadro de medalhas dos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara

O ouro ficou com o mexicano Porfirio Arredondo, que determinou novo recorde da competição ao vencer com marca de 193 kg. Ele protagonizou disputa muito parelha com o cubano Oniger Drake, mas levou a melhor porque o adversário só chegou a 192 kg.

O halterofilismo paraolímpico mistura todos os tipos de deficientes e conta com divisão por pesos. Os atletas precisam ter a habilidade para realizar um movimento válido: estender completamente os braços com menos de 20 graus de perda nos cotovelos. Os competidores ficam deitados em um banco e executam movimento definido como supino: levantam a barra com os pesos, descem-na até o peito, e a levantam novamente.

Ainda nesta sexta-feira, na categoria feminina de 44 kg a 60 kg, Terezinha Santos e Maria Santos não conseguiram se destacar entre as competidoras, terminando na sexta e sétima colocações, respectivamente. A prova registrou dobradinha mexicana: Amália Perez venceu, com recorde parapan-americano: 132 kg. A prata foi da compatriota Laura Cerrero, seguida da venezuelana Wiunawis Hernandez.

Seleção Brasileira masculina de goalball venceu o México e classificou-se à final dos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara
Seleção Brasileira masculina de goalball venceu o México e classificou-se à final dos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara
Foto: Alexandre Brum / FOTOCOM.NET / Divulgação
Fonte: Terra
publicidade