1 evento ao vivo

Brasil vai a duas finais no goalball e consegue vaga paraolímpica

18 nov 2011
22h59
atualizado às 23h26

As seleções brasileiras masculina e feminina de goalball garantiram, nesta sexta-feira, o direito de brigar pela medalha de ouro dos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara. Ambos os times triunfaram na semifinal da competição: os homens passaram pelo México com grande facilidade, enquanto as mulheres encontraram mais resistência, mas não deixaram escapar a classificação contra o Canadá.

Veja o quadro de medalhas dos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara

A Seleção masculina chega à final como favorita ao título, com 100% de aproveitamento. Venceu Canadá, Estados Unidos, México, Argentina e El Salvador com tranquilidade durante a primeira fase e, na semifinal, reencontrou os donos da casa. A vitória foi massacrante: 10 a 0, com quatro gols de Alexsander Celente, quatro de Romário Marques e outros dois de Filipe Silvestre.

A vaga na final garante, também, vaga para a disputa dos Jogos Paraolímpicos de Londres, em 2012. Isso porque o adversário pela medalha de ouro parapan-americana sairá do confronto entre Canadá e Estados Unidos, ambos já classificados para 2012.

Já o time feminino teve mais dificuldades na primeira fase e passou por problemas: foi derrotado por Estados Unidos e Canadá. Nesta sexta-feira, conseguiu a revanche contra as canadenses, vencendo por 7 a 4. Márcia Vieira, com quatro gols, e Cláudia Gonçalves, com três tentos, garantiram a classificação à final.

O adversário será as americanas, que venceram o México por 10 a 2. Uma vitória é importante não apenas por conta do título, mas também porque garante uma vaga para a Paraolimpíada de Londres, em 2012. O Parapan distribui uma vaga por categoria do goalball.

O goalball é o único esporte criado exclusivamente para deficientes: em 1946, o austríaco Hanz Lorezen e o alemão Sepp Reindle inventaram a atividade para ajudar na reabilitação de veteranos da Segunda Guerra Mundial. Participam da partida atletas cegos de diversos graus, que fazem arremessos rasteiros em direção ao gol adversário com o objetivo de balançar as redes. Todos os atletas são arremessadores e defensores.

Brasil atropelou o México em vitória por 10 a 0
Brasil atropelou o México em vitória por 10 a 0
Foto: Alexandre Brum / FOTOCOM.NET / Divulgação
Fonte: Terra
publicidade