PUBLICIDADE

Stefani celebra estreia com vitória em duplas no tênis nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Ao lado de Laura Pigossi, tenista venceu a dupla canadense e avançou às oitavas de final

24 jul 2021 13h25
ver comentários
Publicidade

As brasileiras Luisa Stefani, 23.ª do mundo no ranking de duplas da WTA, e Laura Pigossi começaram com o pé direito a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Neste sábado, elas derrotaram a parceria cabeça de chave 7, formada pelas canadenses Gabriela Dabrowski e Sharon Fichman, e avançaram às oitavas de final do torneio de duplas femininas.

Stefani mostrou enorme felicidade após a vitória. "Super feliz com a estreia, ótimo jogo, não era uma primeira rodada fácil, mas demos conta do recado, chegamos firmes pro nosso jogo, confiantes e felizes em quadra. Uma ajudando a outra, puxando, energia super boa. Nossa química está ótima essa semana, os treinos foram específicos do que cada uma ia fazer, entramos com plano de jogo claro e eficiente. Eu firme na rede e Laurinha muito sólida no fundo e deu certo", afirmou.

"Nos impusemos e soubemos reagir bem nos momentos difíceis do jogo e manter o nível nos momentos que abaixamos um pouco. Isso faz a diferença nessas competições que têm mais pressão que o normal, sentimento diferente. Lidamos muito bem com as emoções. Muito feliz com a vitória agora é foco no próximo e focar na recuperação pois está muito quente. Vamos que vamos", prosseguiu.

Foi a estreia da jovem dupla brasileira em uma Olimpíada. Stefani tem 23 anos e vem fazendo história sendo a melhor ranqueada pelo país desde que o sistema da WTA foi criado em 1975, já somando dois títulos e mais seis finais na carreira.

Nas oitavas de final em Tóquio-2020, a dupla jogará contra as vencedoras das checas Marketa Vondrousova e Karolina Pliskova, vice-campeã de simples em Wimbledon, contra a dupla das chinesas Ying Duan e Saisai Zheng.

Stefani ainda jogará duplas mistas com Marcelo Melo, torneio que começará no meio da semana que vem e terá a chave sorteada nos próximos dias. "Muito animada também por jogar pela primeira vez com o Melo, representar o Brasil, competir, emoção muito grande estar aqui, privilégio enorme. Agora é a hora mais esperada, é a hora de chegar, aproveitar cada momento e ir pra cima", concluiu.

Lamentação

Após uma partida emocionante, com três sets equilibrados e mais de três horas de duração, o brasileiro João Menezes - número 4 do Brasil e 217 do mundo - foi derrotado pelo croata Marin Cilic (36.º do ranking da ATP) em sua estreia na chave de simples masculina. Foi a primeira Olimpíada do tenista mineiro, atual campeão dos Jogos Pan-Americanos (em Lima-2019, no Peru).

"Esta foi a melhor atuação que tive na vida. Joguei muito bem. Só faltou ganhar. Teve de tudo. Foi impecável o primeiro e o segundo set até o 5/5. Tive 5/4 e saque no segundo, o Cilic tirou quatro pontos incríveis da cartola, jogou muito bem. Depois, o jogo virou um pouquinho. E no 5/0, 0/40, veio a reação. Ele acabou sentindo, experiente, ganhador de Grand Slam, Top 40 hoje em dia e sentiu a pressão", explicou Menezes.

"Faz parte. Saio daqui muito feliz e muito orgulhoso da minha performance e esse jogo pode servir como uma grande energia positiva para o restante da temporada", completou o tenista.

Estadão
Publicidade
Publicidade