PUBLICIDADE

Pepê Gonçalves não esconde frustração por eliminação, mas diz: "Saio daqui orgulhoso"

30 jul 2021 03h23
| atualizado às 05h17
ver comentários
Publicidade

Nesta sexta-feira, Pepê Gonçalves foi eliminado na semifinal da canoagem slalom K1 em Tóquio, cometendo dois erros e terminando a disputa na 19ª colocação. O brasileiro não escondeu a frustração pelo resultado negativo, revelando que a confiança para chegar à final era grande.

"Difícil de falar. Estava me sentindo muito bem, muito confiante, muito certo do que ia fazer. Meu treinador me deu muita confiança, mas acho que Deus não quis que hoje fosse o meu dia. Comecei a primeira volta muito bem, fiz uma primeira remonta excepcional, mas tocou na beirada do remo. Mesmo assim, mantive a linha agressiva. Tive mais um toque, mesmo assim continuei lutando, com meu foco, mas as penalidades vão me tirar da final", disse à Rede Globo.

Apesar da decepção, Pepê também tem ciência de que alcançou um patamar muito alto representando o seu esporte mundo afora, destacando as dificuldades que enfrenta como esportista.

"Eu saio daqui orgulhoso, estou colocando a canoagem em um lugar onde ninguém nunca imaginou. Tem uma multidão torcendo para mim pelo Brasil inteiro. Eu sonhava com a medalha, ainda sonho com ela. Pode ter certeza que, daqui a três anos, vamos entrar na água com essa mesma vontade", afirmou Pepê.

"Hoje eu me sinto orgulhoso. A gente está em um esporte que sempre foi muito europeu, só a gente sabe o que tem que fazer para viajar, comprar barco, ficar longe da família. É isso que eu amo, é por isso que estou aqui, representando todos vocês que estão em casa. Podem ter certeza que eu dei tudo dentro da água, a gente não vai desistir", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade