PUBLICIDADE

Jardine explica convocação de Daniel Alves para Seleção olímpica: "Campeão por onde passa"

17 jun 2021 12h32
| atualizado às 12h32
ver comentários
Publicidade

O técnico André Jardine anunciou nesta quinta-feira a convocação da Seleção olímpica para os jogos de Tóquio, que começam no dia 23 de julho. A grande surpresa da lista, o lateral-direito Daniel Alves, recebeu elogios do treinador, que valorizou o currículo vencedor do atleta.

"Sou um fã do Dani, nós do esporte temos atletas que são referências para todos nós e o Dani é um jogador que não tem o currículo dele por acaso, é um dos currículos mais vitoriosos da história do futebol. É campeão por onde passa, tirou o São Paulo de uma fila bastante grande. É um jogador que era para estar na Copa América, a lesão acabou prejudicando. A partir do momento que aconteceu isso ficamos de olho. Procurávamos um jogador com suas características, com um histórico vencedor, com perfil de liderança… Ele foi o último capitão vencedor da Copa América com a Seleção. Vai agregar muito com experiência, liderança, sabedoria, tranquilidade… O universo o tirou da Copa América mas colocou ele nas Olimpíadas", disse Jardine em entrevista coletiva.

O treinador ainda revelou uma conversa com o atleta, que se mostrou disposto a participar dessa trajetória em Tóquio. "Conversei com ele hoje, brinquei que ele não tinha uma Olimpíada ainda no currículo, ele deu risada, já demonstrou que á um sonho que ele tinha. Não conseguiu jogar a de Londres e agora vai ter esse momento ímpar na carreira".

O Brasil está no grupo D da competição, ao lado de Alemanha, Costa do Marfim e Arábia Saudita. A Seleção é a atual medalhista de ouro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade