1 evento ao vivo

Chuva faz organização de Londres pensar em planos emergenciais

11 jul 2012
08h22
atualizado em 13/7/2012 às 09h33
EMANUEL COLOMBARI
Direto de Londres

A Inglaterra vive um verão atípico até mesmo para seus padrões: acostumados à instabilidade meteorológica, os ingleses encaram diariamente uma estação com chuvas constantes, vento e baixas temperaturas - a ponto de a imprensa local se perguntar: trata-se do verão mais encharcado da história? O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Londres, que iniciará em 16 dias, ligou o sinal de alerta e estuda medidas emergenciais para o impacto do tempo chuvoso.

» Coloque as notícias sobre a Olimpíada no seu site
» Brigas e dramas: relembre grandes momentos olímpicos
» Saiba todos os detalhes dos atletas brasileiros que estarão em Londres

Entre as sedes de provas, preocupam especialmente locais como Eton Dorney Lake (que receberá competições de remo), além dos circuitos de ciclismo BMX e de estrada. Hóquei sobre grama e vôlei de praia, que serão realizados em arenas descobertas, podem até mesmo serem reprogramados, esperando dias mais secos para as competições.

O ministro dos esportes do Reino Unido, Hugh Robertson, comanda o coro oficial dos organizadores tentando manter a calma. Segundo as autoridades, as sedes são "razoavelmente a prova d'água".

Em uma amostra do que pode acontecer durante a Olimpíada, um evento musical no último final de semana em Londres deixou o gramado do Hyde Park inutilizável, após a presença de cerca de 65 mil fãs no local para acompanharem shows como o da cantora Rihanna.

Justamente para evitar problemas semelhantes, a organização olímpica poderá providenciar coberturas individuais para os torcedores nas filas para competições descobertas, como os já citados vôlei de praia e hóquei sobre grama, de modo a facilitar a revista de segurança.

Condados como Leicestershire (centro da Inglaterra) e Devon (extremo sudoeste do país) foram bastante atingidos pelas chuvas no final de semana. Na TV, imagens mostram Leicestershire com carros cobertos de água e com pedaços de granizo do tamanho de bolas de golfe. O jornal Daily Mail publicou que o condado de Worcestershire (centro-oeste inglês) sofre com "dúzias de alertas". O site da emissora BBC disse que há "chuva torrencial" em Northumberland (extremo norte da Inglaterra) e "áreas de risco" em Devon.

O Met Office, agência de meteorologia do governo britânico e parceiro do Comitê Olímpico Internacional (COI) na realização dos Jogos de 2012, afirma que "ainda é cedo" para adotar o tom catastrófico da imprensa local sobre o assunto, e que os números das chuvas referentes a julho só serão divulgados em 6 de agosto. Até lá, a agência oficial seguirá o monitoramento da meteorologia britânica para o COI.

Segundo contato entre o Met Office e Terra, apenas uma situação de alerta foi oficializada no país desde o início do verão. "Tivemos um alerta no sudoeste (região de Devon), um alerta vermelho, o mais alto", afirmou um representante da agência, por telefone. "Trata-se de um caso específico, de um dia", completou. Por sua vez, a Environment Agency - responsável por questões ambientais em geral - emitiu 36 alertas de chuva por toda a Inglaterra, projetando precipitações de até 60mm.

Historicamente, o tempo inconstante da Inglaterra é causado por sua localização pouco privilegiada. As Ilhas Britânicas estão no ponto onde se encontram as correntes marítimas do Atlântico Norte (quente e úmida) e da Noruega (fria e seca, vinda da Escandinávia). Não por acaso, as temperaturas irregulares e a umidade constante fizeram com que a previsão do tempo na Inglaterra fizesse sucesso - em 1840, cientistas como Francis Beaufort e Robert Fitzroy já realizaram projeções, que eram repassadas à Marinha Britânica.

De acordo com informações disponibilizadas pelo próprio Met Office, a precipitação pluviométrica de Londres no mês de julho entre 1971 e 2000 variou, em média, entre 40mm e 60mm. Ainda tranquilos com o tempo sobre Londres, o Met Office mantém a calma quando o assunto é a cerimônia de abertura da Olimpíada 2012, em 27 de julho. "Se você é um dos 80 mil sortudos que têm ingressos para a cerimônia de abertura no Parque Olímpico, lembre-se de checar a previsão do tempo de cinco dias para Londres", diz o site da agência.

Londres 2012 no Terra

O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre os dias 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura contará com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Aumento das chuvas já causa preocupação na organização dos Jogos
Aumento das chuvas já causa preocupação na organização dos Jogos
Foto: Bruno Santos / Terra
Fonte: Terra
publicidade