0

Jogadores ingleses são retratados como heróis apesar de derrota na Copa do Mundo

12 jul 2018
10h35
  • separator
  • comentários

Os jogadores ingleses do técnico Gareth Southgate foram retratados como heróis pela mídia britânica, que elogiou seu desempenho na Copa do Mundo em vez de focar na decepção de sua eliminação no Mundial na quarta-feira.

Harry Kane aplaude torcedores ingleses após derrota da Inglaterra para a Croácia na Copa do Mundo 11/07/2018 REUTERS/Grigory Dukor
Harry Kane aplaude torcedores ingleses após derrota da Inglaterra para a Croácia na Copa do Mundo 11/07/2018 REUTERS/Grigory Dukor
Foto: Reuters

As esperanças da Inglaterra de chegar a apenas sua segunda final da Copa do Mundo na história foram destruídas pela Croácia quando Mario Mandzukic marcou o gol decisivo na prorrogação que deu uma vitória de 2 x 1 para o time de Zlatko Dalic.

Apesar de não conseguir aproveitar o que foi, seguramente, sua melhor chance de chegar à final do Mundial desde 1966, a mídia britânica retratou os jogadores da seleção como heróis, com o jornal Mirror Sport os declarando "tesouros nacionais", enquanto o jornal Daily Mail elogiou seus esforços.

A primeira página do The Telegraph pediu que a Inglaterra "Mantenha a cabeça erguida", enquanto o Guardian retratou o humor dos torcedores com a manchete "O sofrimento continua".

O amplo otimismo contrasta com a reação que a Inglaterra recebeu após sua derrota na Eurocopa de 2016, quando o time do então treinador Roy Hodgson foi muito criticado por seu desempenho abaixo do esperado na competição.

O esforço da seleção inglesa também ganhou elogios do príncipe William, que disse que o desempenho deu aos torcedores "algo para acreditar".

O time foi elogiado por diversos especialistas, celebridades e ex-jogadores, como Gary Neville, Jamie Carragher e Jermain Defoe.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade