PUBLICIDADE

Italiano Nicola Sironi retorna ao Brasil após cinco anos e acompanha o Campeonato Brasileiro ORC em Florianópolis

Classe é a principal de Vela de Oceano. Evento será entre os dias 1 e 5 de fevereiro e tem quase 50 barcos confirmados

23 jan 2022 16h10
ver comentários
Publicidade

O italiano Nicola Sironi, medidor-chefe adjunto da classe ORC, a principal de vela de oceano no mundo, confirmou sua presença para acompanhar o Campeonato Brasileiro da classe que será realizado entre os dias 1º e 5 de fevereiro em Florianópolis, durante o 33º Circuito Oceânico de Santa Catarina, sediado no Veleiros da Ilha, em Jurerê Internacional.

Divulgação
Divulgação
Foto: Lance!

Nicola veio pela primeira vez ao Brasil em 1995, seguiu para o país com frequência, mas a última vez por aqui foi em 2017, quando ocupava o cargo de medidor-chefe da ORC.

"A ORC sempre foi a regra principal no Brasil, sempre concentrada no Rio de Janeiro. Agora o Comodoro Mario Martinez está expandido pelo país e isso é muito bom", disse Nicola: "Ainda não conheço Florianópolis, será minha primeira vez, estou entusiasmado para acompanhar o Campeonato Brasileiro".

Hoje em dia, são mais de 40 países utilizando a ORC, regra reconhecida pela World Sailing, que rege a vela pelo mundo. Até antes da pandemia eram mais de 10 mil barcos certificados e o número hoje está próximo dos 9,4 mil.

A classe vem se expandindo não só no Brasil, mas outros países como os Estados Unidos, onde recentemente as regatas Big Boat Series, em San Francisco, Califórnia, e Southernmost , em Key West, na Flórida, adotaram a medição para suas disputas em 2022.

"A Itália é onde temos a maior flotilha e estamos crescendo com muitas flotilhas deixando seus sistemas locais e passando para a ORC. O diferencial é a quantidade de parâmetros medidos, resultados de cálculo e a base científica", apontou.

O Brasileiro ORC já conta com cerca de vinte veleiros de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo e o 33º Circuito Oceânico se aproxima dos 50 barcos inscritos com outras classes de destaque como a RGS, os Clássicos e Bico de Proa.

Além de acompanhar o Brasileiro, Nicola dará palestras no Rio de Janeiro e em Salvador, na Bahia.

Lance!
Publicidade
Publicidade