PUBLICIDADE
Logo do

Internacional

Meu time

Presidente do Internacional comenta detalhes da reunião dos clubes com a CBF e o projeto de criação de liga

Alessandro Barcellos acredita que projeto pode gerar melhor calendário e novas receitas

15 jun 2021 20h10
ver comentários
Publicidade

Um dos principais assuntos esportivos desta terça-feira no Brasil foi a manifestação dos clubes da Série A de formarem uma liga para organizar o Brasileirão. Ao todo, 19 presidentes assinaram uma carta e entregaram à CBF em reunião na sede da entidade. Alessandro Barcellos, presidente do Internacional, falou sobre a reunião e os objetivos dos clubes.

- É um anúncio para a CBF por parte dos clubes da criação de uma liga para organizar o Brasileiro. Incluindo o convite que está sendo articulado com os clubes da Série B. O objetivo disso é aumentar as receitas, aumentar o bolo que os clubes têm acesso, melhorar a vida financeira dos clubes. E também a organização de um calendário que atenda as necessidades dos clubes da Série A e Série B. Esses foram os objetivos, em uma união muito forte dos clubes, com seus presidentes - disse.

Mandatário falou sobre liga (Ricardo Duarte/Divulgação/Internacional)
Mandatário falou sobre liga (Ricardo Duarte/Divulgação/Internacional)
Foto: Lance!

O presidente do internacional classificou a atitude dos clubes como histórica. Ele disse que o próximo passo é expandir essa união para criar um ambiente propício para a criação da liga. Segundo ele, assim os clubes vão ter acesso mercado que pode gerar novas receitas.

- Um momento talvez histórico, retomando aquilo que em outros momentos fez com que o futebol brasileiro tivesse uma organização melhor. Esperamos agora junto com os times da Série A, Série B e federações construir esse ambiente. Dar a resposta de uma entidade nova, de uma liga que possa ter governança, respostas mais rápidas e ao mesmo tempo aquilo que é o principal: organização de um calendário adequado e novas receitas para que os clubes possam ter acesso a esse mercado do futebol que tanto é organizado em outros países e aqui ainda carece de organização.

Lance!
Publicidade
Publicidade