2 eventos ao vivo

Inter banca Odair, mas marca reunião para definir futuro do treinador

O vice-presidente Roberto Melo assegurou o treinador neste momento, mas revelou que uma reunião definirá o futuro

9 out 2019
23h17
atualizado em 10/10/2019 às 17h58
  • separator
  • 0
  • comentários

Odair Hellmann saiu do estádio Rei Pelé, após a derrota para o CSA por 1 a 0, como técnico do Internacional. Ainda no vestiário, a diretoria se reuniu com o treinador e definiu não tomar nenhuma decisão com a cabeça quente. O vice-presidente do clube, Roberto Melo, assegurou o treinador neste momento, mas revelou uma reunião para definir o futuro dele nesta quinta-feira.

"Ele é o treinador (do Internacional) nesse momento. Estamos fazendo um trabalho de dois anos, o que é raro no futebol brasileiro. Vamos chegar em Porto Alegre, sentar e conversar sobre o que é melhor para o futebol do clube", avisou o dirigente.

O resultado frustrou todo o elenco do Internacional. A entrevista coletiva de Odair Hellmann aconteceu mais de uma hora depois do término da partida. Os jogadores deixaram o campo também sem dar entrevistas.

Alguns pararam para conversar com a imprensa na zona mista, caso do volante Edenílson. "Voltamos desligados. Estávamos bem, tivemos dois gols anulados, mas nosso time tem dessas de dar apagão. Não sei explicar. Nossa equipe estava bem, não tem por que ter essa queda. É conversar e melhorar", comentou Edenílson.

O atacante Guilherme Parede também seguiu a linha de seu companheiro de equipe. "Temos que trabalhar. Fizemos um bom primeiro tempo, mas ficamos sem entender o segundo. Precisamos de mais vontade e concentração", concluiu.

O tropeço foi o quarto consecutivo do Inter no Campeonato Brasileiro. O time gaúcho caiu de produção após a perda do título da Copa do Brasil e coloca agora em risco sua vaga para a Libertadores através do Brasileirão. Terminou a noite com 38 pontos.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade