0

Guerrero se emociona em Lima e diz que não festejará se marcar pelo Inter

'Comecei no Alianza, joguei toda a infância aqui. É um momento especial, lindo', afirmou o atacante

23 abr 2019
22h47
atualizado às 22h47
  • separator
  • comentários

O atacante Paolo Guerrero não disfarçou a alegria por estar em Lima, no Peru, para o jogo entre Internacional e Alianza Lima, nesta quarta-feira, ás 21h30, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

"Significa muito estar aqui com um time brasileiro enfrentando meu time mais querido. Comecei no Alianza, joguei toda a infância aqui. É um momento especial, lindo. Não acredito ainda na minha cabeça ter esta oportunidade. Defendo as cores do Inter, mas não deixo de pensar. Será especial", afirmou o peruano, em entrevista coletiva, nesta terça-feira, para cerca de 50 jornalistas.

Recepcionado por uma multidão no aeroporto de Lima, Guerrero retribuiu o carinho dos torcedores, mas ressaltou sua responsabilidade ao vestir a camisa do Inter em uma competição tão importante. E adiantou que não vai comemorar se marcar um gol.

"Quando vejo esse apoio, me faz lembrar que tem muita gente que quer ver a seleção ganhar. Quando tenho a oportunidade, essas lembranças, entro em campo pensando nisso, em dar alegria a essas pessoas como faço pelo Inter - disse - Não vou comemorar. Claro, é difícil. Defendo o Inter, tenho responsabilidade que a gente precisa dos três pontos. Sempre digo que jogar pelo Alianza é um sonho."

Com Guerrero no comando do ataque, o Inter precisa de um vitória diante do Alianza, lanterna do Grupo A, para garantir a primeira posição da chave com uma rodada de antecedência, pois soma dez pontos, contra seis do River Plate. Na última rodada, em 7 de maio, o time gaúcho enfrenta o rival argentino, em Buenos Aires.

Quem vai atuar no setor ofensivo ao lado de Guerrero é Sarrafiore, que fará sua estreia na competição sul-americana. O argentino, de 21 anos, vai substituir William Pottker e atuará abeto pela direita. Recuperado de lesão, Rodrigo Dourado está garantido no meio-de-campo.

O time provável do Inter para atuar na capital peruana deverá ter: Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick, Sarrafiore e Nico López; Guerrero.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade