1 evento ao vivo

Mirassol vence Guarani em duelo de interinos e larga bem no Troféu do interior

As duas equipes mudaram o comando técnico após o término da fase de grupos do Paulista

25 mar 2019
20h08
  • separator
  • comentários

Sob o comando de interinos, Mirassol e Guarani se enfrentaram na tarde desta segunda-feira pelas quartas de final do Troféu do Interior, no Campeonato Paulista, no estádio José Maria de Campos Maia, e o time mirassolense levou a melhor com uma vitória por 2 a 0. Marquinhos e Wellington Simião foram os autores dos gols.

O Mirassol foi a campo com Luciano Deitos no banco no lugar do treinador Moisés Egert, que deixou o clube após quatro temporadas. Apesar da saída do comandante, foi construída uma boa vantagem. Com o resultado desta tarde, a equipe pode perder até por um gol de diferença no jogo de volta que ainda assim avança.

O Guarani, comandando interinamente por Marco Antônio, precisa vencer por três gols de diferença. Uma vitória por 2 a 0 leva a definição aos pênaltis. O jogo decisivo está marcado para as 19h15 de quinta-feira, no Brinco de Ouro, em Campinas.

O confronto desta segunda começou sob o domínio do Guarani, que deu trabalho para a defesa adversária e criou boas oportunidades de abrir o placar logo nos primeiro minutos. Depois de algumas boas investidas, o time campineiro perdeu um pouco de poder ofensivo, apesar de ter seguido com mais posse de bola.

O Mirassol não mostrou muito repertório, mas contou com a sorte para abrir o placar. Aos 38 minutos, David tentou afastar o perigo dentro da área, mas chutou em cima de Marquinho e viu a bola enganar o goleiro Giovanni antes de morrer dentro do gol. Empolgados, os donos da casa pressionaram nos momentos finais e por pouco não foram para o intervalo com uma vantagem maior no placar.

Logo no início do segundo tempo, o Mirassol teve a grande chance de fazer o segundo, quando o árbitro marcou pênalti de William Matheus sobre Felipe Augusto, aos seis minutos. Giovanni, no entanto, evitou o gol ao defender a cobrança feita por Carlão e deu novo ânimo ao time campineiro.

A partir daí, boa parte do jogo virou ataque contra defesa, com algumas chances esporádicas para o lado mirassolense. Mas a história se repetiu. Nos minutos finais, desta vez aos 42 minutos, o Mirassol ampliou com um gol de cabeça marcado por Wellington Simião, após cobrança de escanteio de Jean Carlos.

FICHA TÉCNICA:

MIRASSOL 2 X 0 GUARANI

MIRASSOL - Matheus Aurélio; Matheus Felipe (Guilherme Teixeira), Sandoval, Leandro Amaro e Carlos Renato; Léo Baiano, Wellington Simião e Marquinho; Felipe Augusto (Jean Carlos), Carlão e Zé Roberto (Rodolfo). Técnico: Luciano Deitos.

GUARANI - Giovanni; Léo Príncipe, Deivid, Diego Giaretta e William Matheus; Fabrício Costa (Fernandes), Ricardinho e Rondinelly; Felipe Amorim (Álvaro), Fernando Viana e Diego Cardoso (Mateusinho). Técnico: Marco Antônio.

GOLS - Marquinhos, aos 38 minutos do primeiro tempo. Wellington Simião, aos 42 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Adriano de Assis Miranda.

CARTÕES AMARELOS - Calos Renato e Léo Baiano (Mirassol); Diego Giaretta, Fernando Viana e Diego Giaretta (Guarani).

RENDA - R$ 3.068,00.

PÚBLICO - 374 pagantes.

LOCAL - Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol (SP).

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade