1 evento ao vivo
Logo do Grêmio
Foto: Edu Andrade/Fatopress / Gazeta Press

Grêmio

Renato elogia atuação de Arthur pelo Grêmio em empate no Rio

14 set 2017
00h43
atualizado às 00h43
  • separator
  • comentários

Ficou tudo para a Arena. Com o empate sem gols entre Grêmio e Botafogo, no estádio Nilton Santos, pela primeira partida das quartas de final da Copa Libertadores da América, nenhum time saiu com vantagem.

Na saída de campo, o volante Arthur, um dos destaques da partida, afirmou que o empate sem gols como um bom resultado. "Acho que o resultado foi muito bom. A gente leva o resultado de 0 a 0 para decidir na Arena. Jogamos fora de casa contra a equipe do Botafogo que é muito qualificada. O poder ofensivo deles é muito grande. Então, não tomar gol foi uma grande vantagem. Agora, a gente decide em casa", disse o jogador.

Arthur acertou todos os 44 passes que fez na partida além de criar boas jogadas e recuperar diversas vezes a posse de bola para o Tricolor Gaúcho. O garoto de 21 anos foi elogiado pelo técnico Renato Portaluppi. "O Arthur eu até já conversei com a diretoria, o Arthur é mais uma galinha dos ovos de ouro do Grêmio. Ele joga muito. Joga fácil. É um jogador que sem dúvida alguma vai ajudar bastante e lá na frente vai o clube", destacou.

Assim como o volante, o comandante gremista avaliou o resultado fora de casa como positivo. "O resultado para o Grêmio foi muito bom. Infelizmente nós não conseguimos fazer gols, mas as três oportunidades claras do jogo foram do Grêmio. O Marcelo praticamente não trabalhou. Nós jogamos contra um grande adversário na casa deles e não é nada fácil na Libertadores", comentou Renato.

No confronto da noite desta quarta-feira, o Grêmio teve o desfalque de três jogadores titulares. Um deles foi o volante Michel, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e que vai retornar ao time para o duelo da próxima semana. Os outros dois foram o zagueiro Pedro Geromel e o atacante Luan, ambos lesionados. Durante a coletiva, o técnico Renato revelou que sabia que os dois atletas seriam ausências desde antes da viagem para o Rio de Janeiro. "Eu sabia que os dois não poder jogar desde a saída de Porto Alegre, eu fui jogador e sei como são as lesões. É a natureza. É estiramento, musculo, não é nada fácil. Até porque o Luan foi na semana passada com grau 1 e não tinha tempo para se recuperar. O Geromel com grau 2. Mas é aquilo que eu falo para vocês. A Libertadores não é decidida nos primeiros 90 minutos, ainda tem mais 90. Se eu coloco em campo eu posso perder esses jogadores", contou.

Renato tranquilizou a torcida quanto ao centroavante Lucas Barrios que deixou a partida no segundo tempo com dores nas panturrilhas. "Barrios foi nada, apenas câimbra nas duas pernas. Só isso. Ele chutou e sentiu. É desgaste, ele fez dois jogos pela Seleção dele, viajou bastante. Não é nada fácil", afirmou o treinador.

Para o confronto de volta, que ocorre na próxima quarta-feira, dia 20 de setembro, às 21h45 (de Brasília), na Arena, as duas equipes terão que buscar a vitória. Um empate sem gols leva a decisão para as penalidades máximas, já empate com gols garante a classificação do time carioca.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade