2 eventos ao vivo

Protagonistas em 2017, Corinthians e Grêmio se despedem sem alarde

2 dez 2018
07h03
atualizado às 07h03
  • separator
  • comentários

A última rodada do Campeonato Brasileiro de 2018 coloca frente à frente Corinthians e Grêmio, justamente as equipes que tiveram os maiores protagonismos na temporada passada. Dessa vez, porém, o clássico interestadual a ser disputado às 17h (de Brasília) em Porto Alegre tem muito pouco em jogo, em comparação com a expectativa que poderia ser criada.

Aos gaúchos, a partida desse domingo definirá apenas se o tricolor irá direto à fase de grupos da Copa Libertadores da América ou não. A disputa pelo G4 é com o São Paulo, que simultaneamente enfrentará a Chapecoense na Arena Condá.

Já o Timão tenta assegurar uma vaga na Copa Sul-Americana do ano que vem depois de passar as últimas rodadas preocupado com a zona de rebaixamento.

O cenário é bem diferente dos embates entre Corinthians e Grêmio pelo Brasileirão de 2017. Na ocasião, os rivais foram concorrentes diretos pelo título, principalmente durante o primeiro turno. Aliás, foi justamente uma vitória por 1 a 0 dos alvinegros no palco do jogo desse domingo que deu a primeira margem de quatro pontos aos corintianos, então, líderes.

No returno, um empate por 0 a 0 acabou dificultando a missão gremista de correr atrás do prejuízo na tabela de classificação. Muito em função dos torneios por mata-mata, o Tricolor Gaúcho acabou encerrando sua participação apenas na quarta colocação.

O Corinthians se manteve firme e garantiu seu sétimo título do Brasileirão. O Grêmio, no entanto, não ficou só na lamentação, afinal, pouco depois veio o título da Copa Libertadores da América.

O período de festas das duas torcidas se estendeu até o primeiro semestre de 2018, quando ambos os clubes conquistaram seus respectivos estaduais. O Timão foi bicampeão Paulista, já que em 2017 também havia ficado com a taça, enquanto o Imortal acabou com um jejum de sete anos no Sul do país.

Apesar de se manterem vivos em objetivos grandes na temporada, os dois times tiveram um segundo semestre decepcionante. O Grêmio caiu na semifinal da Libertadores, e o Corinthians ficou com o vice da Copa do Brasil. O Brasileirão, então, ficou em último plano. Pior para os paulistas, que não conseguiram se manter na parte de cima da tabela, mas a verdade é que o ano não terminará como nenhum dos dois clubes gostaria.

Passado o duelo desse domingo, ficará a expectativa para 2019. O Grêmio renovou o contrato do técnico Renato Portaluppi e o Corinthians deve anunciar o retorno de Fábio Carille na próxima semana. Em 2017, Renato causou polêmica ao dizer que o time de Carille "despencaria" no Brasileirão, profecia que acabou não se confirmando.

Além disso, Andrés Sanchez, presidente corintiano, já prometeu a chegada de ao menos quatro reforços de peso para a temporada que se apresenta. O Grêmio também promete vir forte, e por isso estendeu os vínculos de Geromel e Kannemann.

Agora resta aguardar por 2019, e esperar que Corinthians e Grêmio se encontrem novamente para disputas mais importantes do que o embate desse domingo, em Porto Alegre.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade