PUBLICIDADE
Logo do

Grêmio

Meu time

Presidente do Grêmio detona arbitragem após empate com Flamengo

24 nov 2021 11h42
| atualizado às 11h42
ver comentários
Publicidade

Lutando contra o rebaixamento, o Grêmio empatou com o Flamengo em 2 a 2, nesta terça-feira, em Porto Alegre. Aos 15 do segundo tempo, quando o Rubro-Negro vencia por 1 a 0, Jonathan Robert cometeu falta, levou segundo amarelo e foi expulso. Após o jogo, o presidente do clube gaúcho, Romildo Bolzan, responsabilizou a arbitragem por mais um tropeço no Brasileirão.

"Fomos prejudicados de uma maneira muito violenta, num lance que não cabia nem cartão amarelo, porque foi um lance de choque. Recebi a informação de todos aqueles que estavam no entorno de que o quarto árbitro (Jonathan Benkenstein Pinheiro), gaúcho, é que fez a lambança, a denúncia do lance, e o avaliou equivocadamente", disse.

"Quando a arbitragem brasileira tem uma ferramenta como tem o VAR, não consegue responder publicamente suas decisões, faz uma informação oficial ao Grêmio no lance do Geromel no pênalti lá no Gre-Nal de que o lance era inconclusivo, todo mundo vendo, e quando consegue admitir, confessadamente, que a arbitragem responsável por duas avaliações, a de campo e a do VAR, com toda tecnologia, que foi pênalti no Elias lá no América-MG, resultados que poderiam ter sido outros, o que tu pode esperar da arbitragem brasileira hoje? Comprometeu o julgamento do jogo, a competição, o resultado, a classificação e gerou um grande prejuízo. Além do mais, se torna obscura suas decisões quando não faz uma divulgação em relação ao jogo do Bahia. Estamos vivendo uma triste sina de incapacidade técnica e incompetência. O Grêmio já está tomando suas providências, faz todas as denúncias que tem que fazer", completou.

Apesar da reclamação no jogo contra o Flamengo, o árbitro de vídeo não poderia interferir no lance da expulsão, já que o VAR não pode avaliar lances de cartão amarelo, com exceção à identificação de jogador.

O empate em casa não agradou o Imortal, que segue em 18º lugar, com quatro pontos a menos que o Juventude, primeiro time fora do Z-4.

Nesta sexta-feira, os comandados de Vagner Mancini fazem confronto decisivo contra o Bahia, longe de seus domínios. O Esquadrão é o 17º colocado, com um ponto a mais que o Grêmio.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade