PUBLICIDADE
Logo do

Grêmio

Meu time

Com reservas, Grêmio goleia na Venezuela e antecipa a vaga na Copa Sul-Americana

Apesar de poupar, equipe de Tiago Nunes não toma conhecimento do Aragua e faz 6 a 2

21 mai 2021 00h15
| atualizado às 00h15
ver comentários
Publicidade

Focado na decisão do Campeonato Gaúcho diante do rival Internacional, o Grêmio enfrentou o Aragua-VEN com reservas na noite desta quinta-feira e goleou por 6 a 2, no Estádio Olímpico, em Caracas, na Venezuela, pela penúltima rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana.

O time gaúcho entrou em campo precisando de um simples empate para confirmar a vaga na próxima fase. Contudo, mesmo sem os titulares se impôs como visitante e construiu o resultado positivo ainda no primeiro tempo com gols de Léo Chú e Ricardinho.

A vitória manteve o Grêmio na liderança do Grupo H, agora com 15 pontos. São cinco vitórias em cinco jogos e a melhor campanha da fase de grupos entre os 32 times em disputa. Já o Aragua-VEN segue sem pontuar e na última colocação da chave. Ao contrário dos gaúchos, são cinco derrotas em cinco jogos disputados.

Pela última rodada da fase de grupos, o Grêmio voltará a campo na quinta-feira para enfrentar o La Equidad (COL) às 21h30, na Colômbia. Enquanto o Aragua (VEN), no mesmo dia e horário visitará o Lanús (ARG) na Argentina.

Antes disso, porém, o Grêmio enfrentará o Internacional no domingo, às 16 horas, na Arena, pela final do Gauchão. No confronto de ida, o Grêmio venceu por 2 a 1 no Beira-Rio e agora jogará por um empate pelo título Estadual.

Com bola rolando, o Grêmio dominou as ações durante todo o primeiro tempo e abriu o placar logo aos 19 minutos. Léo Chú finalizou sem força e contou com falha incrível do goleiro para comemorar o gol. Depois, aos 30 minutos foi a vez de Ricardinho recebeu cruzamento e cabecear para ampliar a vantagem do time brasileiro na Venezuela.

No segundo tempo, o Aragua descontou logo aos dois minutos em bonita finalização de Stephens em que o goleiro Gabriel Chapecó não conseguiu fazer a defesa. Mas logo depois, aos sete, Darlan fez o terceiro e recolocou o Grêmio em boa vantagem no placar.

Após o terceiro gol, o Grêmio passou a administrar o resultado e soube se defender para evitar qualquer risco de o adversário tentar reagir em campo. E no contra-ataque o time gaúcho selou a vitória. Aos 23 minutos, após jogada entre Léo Chú e Jean Pyerre, a bola sobrou limpa para Pepê fazer o quarto gol brasileiro.

Antes do apito final, aos 43, Paulo Miranda saiu jogando errado e entregou a bola nos pés de Duche, que apenas cruzou para Juan Garcia fazer o segundo do Aragua. Só que três minutos depois, aos 46, o jovem Elias passou a dar um show à parte pelo Grêmio. Primeiro ele fez o quinto em jogada de velocidade e que acabou numa conclusão fulminante; e depois aos 47 ele marcou o sexto após cruzamento em que a conclusão acabou saindo num carrinho.

FICHA TÉCNICA

ARAGUA-VEN 2 X 6 GRÊMIO

ARAGUA (VEN) - Yosmel Gil; Rivillo (Acuña), Andrés Farreras, Trías e Manríque; Diego Guerrero (Pedro Àlvarez), Arias (Juan Garcia), Homero Calderón e Mclntosh (Arace); Stephens e Daniel Flebes (Duche). Técnico: Enrique García.

GRÊMIO - Gabriel Chapecó; Vanderson, Paulo Miranda, Rodrigues e Bruno Cortez; Darlan (Victor Ferraz), Fernando Henrique (Victor Bobsin) e Piñares (Jean Pyerre); Guilherme Azevedo (Pepê), Ricardinho (Elias) e Léo Chú. Técnico: Tiago Nunes.

GOLS - Léo Chú, aos 19 e Ricardinho, aos 30 minutos do primeiro tempo. Stephens, aos 2; Darlan, aos 7; Pepê, aos 23; Juan Garcia, aos 43; e Elias, aos 46 e 47 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Mario Diaz de Vivar (PAR).

CARTÕES AMARELOS - Acuña (Aragua); Vanderson, Fernando Henrique e Victor Bobsin (Grêmio).

LOCAL - Estádio Olímpico, em Caracas (Venezuela).

Estadão
Publicidade
Publicidade