PUBLICIDADE
Logo do

Grêmio

Meu time

Artilheiro, Diego Souza comemora mais um título e Rafinha critica expulsão

Grêmio empatou com o Internacional em 1 a 1 e, com vitória no primeiro jogo, foi tetracampeão gaúcho

23 mai 2021 20h02
| atualizado às 20h02
ver comentários
Publicidade

Assim que o árbitro Leandro Pedro Vuaden apitou o final da partida, os jogadores do Grêmio fizeram a festa no gramado da Arena do Grêmio para comemorar o tetracampeonato gaúcho. Para o atacante Diego Souza foi ainda mais especial, pois terminou como artilheiro, com sete gols.

"Mais um título e sendo o artilheiro. É um privilégio estar num time bom como esse, por isso não é nenhum absurdo a gente ser tetra. Agradeço a todo o grupo, porque sem ele eu não chegaria até aqui", disse Diego Souza, que conquistou pela terceira vez o Gauchão.

Um dos jogadores mais experientes do atual elenco, o volante Maicon destacou a importância do título no começo do trabalho realizado por Tiago Nunes. Contratado para substituir Renato Gaúcho, o treinador tem oito vitórias e um empate até aqui.

"É importante o título porque estamos começando um novo trabalho, um ciclo que iniciamos com um novo treinador. Valeu o título e agora temos que pensar na frente, porque ainda temos mais três competições", comentou Maicon, se referindo ao Brasileirão, a Copa do Brasil e a Sul-Americana.

Apesar de festejar seu primeiro título pelo Grêmio, o lateral-direito Rafinha não deixou de criticar a sua expulsão após desentendimento com Yuri Alberto no final do primeiro tempo. Os dois jogadores receberam o cartão vermelho.

"Feliz pelo título, mas é a primeira vez na minha carreira que sou expulso sem ter feito nada. Queriam me tirar do jogo e conseguiram, mas do título não", desabafou o lateral.

Já classificado para as oitavas de final da Copa Sul-Americana, o Grêmio se despede da fase de grupos nesta quinta-feira, contra o La Equidad-COL, na Colômbia. Depois, no domingo, estreia no Brasileirão diante do Ceará, no Castelão, em Fortaleza.

Estadão
Publicidade
Publicidade