0
Logo do Goiás
Foto: Divulgação

Goiás

Vila Nova repudia confusão após clássico: "Episódio lamentável"

25 jun 2017
10h24
atualizado às 10h24
  • separator
  • comentários

O clássico entre Goiás e Vila Nova, pela Série B do Campeonato Brasileiro, foi repleto de confusões entre as torcidas. Um torcedor, identificado como Davi Ícaro da Silva, foi morto com tiro na nuca, antes da partida.

Depois do jogo, vencido pelo Tigrão por 2 a 0, novos problemas, desta vez dentro do Serra Dourada. Membros das duas torcidas entraram em conflito e a pancadaria se instalou, com torcedores saindo feridos.

O Vila se manifestou oficialmente sobre o caso, divulgando nota de repúdio.  "Lamentável o que aconteceu após o jogo, o Vila jogou muito bem e a torcida do Vila deu um show, mas no final tivemos esse episódio lamentável. Tão logo eu vi a situação, corri para pedir meu torcedor para se afastar. O Vila é um clube de paz e espero que a justiça seja feita", declarou o presidente, Ecival Martins.

A polícia goiana segue investigando o caso. De acordo com o jornal O Popular , a Delegacia Estadual de Investigações de Homicídio (DIH) tendo sido acionada para apurar os motivos e identificar a autoria do assassinato de Davi.

Confira a nota de repúdio do Vila Nova:

O Vila Nova Futebol Clube, vem através desta, repudiar os atos ocorridos após o término da partida entre Goiás e Vila Nova, em que o time colorado venceu por dois a zero. Após as medidas adotadas pelo policiamento para dispersar os torcedores, o presidente do Vila Nova, Ecival Martins, se pronunciou sobre o ocorrido:

"Lamentável o que aconteceu após o jogo, o Vila jogou muito bem e a torcida do Vila deu um show a parte, mas no final infelizmente, tivemos esse episódio lamentável. Tão logo eu vi a situação, eu corri para pedir meu torcedor para se afastar dessa confusão por que independente de mando de jogo, eu sou contra a violência. Foi um momento muito importante, um momento bonito pra nossa torcida pelo que estamos vivendo, o Vila é um clube de paz, e espero que a justiça seja feita".

O Vila Nova Futebol Clube repudia qualquer ato de violência dentro ou fora dos estádios e entende que o futebol é entretenimento e os locais de jogos são para famílias e pessoas de bem.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade