1 evento ao vivo

Goiás pode ter solução "caseira" para escassez de gols

7 ago 2013
11h00
atualizado às 11h20
  • separator
  • 0
  • comentários

O Goiás tem o segundo pior ataque do Campeonato Brasileiro, mas a solução para este problema pode ser caseira. Pelo menos é o que imagina o técnico Enderson Moreira ao escalar o meia-atacante Paulo, 20 anos, para o duelo com o Náutico, nesta quarta-feira, 21h50 (de Brasília), no Estádio Serra Dourada. Um dos destaques do time esmeraldino na Copa São Paulo, o garoto terá sua primeira oportunidade no profissional.

Paulo revelou que recebeu apoio dos companheiros antes da estreia
Paulo revelou que recebeu apoio dos companheiros antes da estreia
Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás EC / Divulgação

Sem vencer há três jogos e com um início de crise se instalando, o Goiás tem contra os pernambucanos uma partida crucial. O Goiás fez apenas nove gols em 11 jogos, e a inoperância do sistema ofensivo tem sido alvo de críticas.

Na noite desta quarta-feira, o Goiás terá Paulo como novidade em seu ataque. O jovem jogador fará seu primeiro jogo como profissional e sabe que entra em um momento de cobrança. No entanto, Paulo está tranquilo e espera corresponder à expectativa. “Para mim é muito bom, sei que o momento não é o melhor, mas venho trabalhando buscando essa oportunidade e espero aproveitar da melhor maneira possível”, ressaltou.

Brasileiro Série A 201338ª Rodada

Estreante, Paulo explicou que durante os treinamentos seus companheiros de clube passaram muita confiança, assim como o técnico Enderson Moreira. “Vários jogadores chegaram em mim, principalmente o treinador, me deram muita tranquilidade, falaram para eu estar tranquilo e sem medo de errar e espero dar o melhor para ajudar o Goiás a conseguir a vitória”, revelou.

O sistema ofensivo do Goiás será formado por Paulo jogando centralizado com Tartá e Renan Oliveira pelos lados, todos eles municiando o atacante Walter que jogará mais avançado. Jogadores mais experientes como Araújo e Neto Baiano ficam como opções para o treinador.

 

Fonte: MEI João Paulo Bezerra Di Medeiros - Especial para o Terra MEI João Paulo Bezerra Di Medeiros - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade