3 eventos ao vivo
Logo do Goiás
Foto: Divulgação

Goiás

Com gol no fim, Goiás perde para o Londrina e se aproxima do Z4

18 jul 2017
22h24
atualizado às 22h24
  • separator
  • comentários

Recebendo o Londrina de portões fechados no Serra Dourada por conta da confusão do clássico contra o Vila Nova no último dia 24 de junho, o Goiás chegou ao terceiro jogo sem vitória nesta terça-feira ao perder por 1 a 0 em duelo válido pela 15ª rodada da Série B do Brasileirão. Em uma partida com poucas oportunidades de gol, prevaleceu a persistência dos visitantes, que conseguiram balançar as redes apenas aos 36 minutos do segundo tempo, com o atacante Carlos Eduardo.

Com a derrota, o Goiás se aproximou da zona de rebaixamento e se encontra em situação delicada com apenas 17 pontos. Já o Londrina conseguiu colar no G4 da Série B e está bem mais confortável na busca por um lugar no grupo que garante acesso à elite do futebol nacional em 2018.

Pressionado, o Goiás tentará recuperar o prejuízo na próxima sexta-feira, às 21h30 (de Brasília), na Arena Castelão, em Fortaleza. Já o Londrina vai em busca de mais três pontos no próximo sábado, às 16h30, quando recebe o lanterna Náutico no Estádio do Café.

O jogo - Logo aos seis minutos o Goiás chegou com perigo pela primeira vez na partida. Tony recebeu pela direita, se livrou da marcação, invadiu a área e bateu firme, obrigando o goleiro César a se esticar e fazer importante defesa para salvar o Londrina no Serra Dourada.

Após a grande chance dos esmeraldinos, o jogo ficou mais truncado. Somente aos 34 minutos, já na reta final de partida, Ayrton foi acionado na esquerda, levou para o meio e soltou o pé. Atento à jogada, o goleiro Marcelo Rangel se jogou no cantinho para bloquear o arremate rasteiro.

Antes do apito final ainda deu tempo para o Londrina voltar a assustar. Em cobrança de escanteio, a bola passou por todo mundo e sobrou para Gava na esquerda, que rebateu para o meio, entretanto, o zagueiro Alex Alves estava esperto no lance para cortar o perigo.

No segundo tempo o jogo seguiu com poucas oportunidades de gol. Embora o Goiás tenha tentado criar bos jogadas, a defesa do Londrina manteve a mesma postura do primeiro tempo e conseguiu afastar o perigo quando necessário. Optando por explorar o contra-ataque, os visitantes sinalizavam que iriam jogar por uma bola, porém também falhavam quando tinham condições de balançar as redes.

Além da ineficiência do ataque do Londrina, às vezes o time também contava com o azar. Um exemplo da falta de sorte do time paranaense aconteceu aos 24 minutos do segundo tempo, quando Reginaldo cruzou pela direita, a bola passou pelo artilheiro Jonatas Belusso e sobrou livre para Gava chutar. O que os jogadores do Tubarão não contavam era com mais uma defesa fundamental de Marcelo Rangel, que dessa vez apareceu em cima da linha para espalmar a bola e frustrar o plano dos visitantes.

Apenas nos minutos finais, mais precisamente aos 36 do segundo tempo, o Londrina, enfim, conseguiu furar o bloqueio dos donos da casa e balançar as redes. Após boa jogada individual de Rafael Gava, o meia acionou Belusso na direita, que cruzou na cabeça de Carlos Henrique para o atacante finalizar certeiro no canto direito de Marcelo Rangel e garantir os três pontos aos paranaenses.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 0 X 1 LONDRINA

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 18 de julho, terça-feira

Horário: 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)

Assistentes: Rogerio Pablos Zanardo e Herman Brumel Vani (ambos de SP)

Cartões amarelos: Tony e Aylon (Goiás); Rômulo, Alisson Safira, Jardel e Gustavo Geladeira (Londrina)

GOLS: Carlos Henrique, aos 36 minutos do 2ºT (Londrina)

GOIÁS: Marcelo Rangel; Tony, Matheus Ferraz, Alex Alves e Carlinhos; Pedro Bambu, Toró (Jean Carlos), Andrezinho e Tiago Luís (Aylon); Michael (Carlos Eduardo) e Gustavo.

Técnico: Sílvio Criciúma

LONDRINA: César; Reginaldo, Gustavo Geladeira, Matheus e Ayrton; Rômulo (Bidía), Jardel, Rafael Gava (Igor Miranda) e Artur; Jonatas Belusso e Alisson Safira (Carlos Henrique).

Técnico: Cláudio Tencati

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade