0

Falcão fica perto do gol 400, e Brasil estreia no Gran Prix com goleada

30 jan 2018
21h41
  • separator
  • 0
  • comentários

O começo do Brasil no Grand Prix Internacional de futsal 2018 foi arrasador. Na noite desta terça-feira, a Seleção Brasileira recebeu o Uruguai, em Brusque, Santa Catarina, e estreou na competição vencendo pelo placar espetacular de 10 a 1. O ídolo Falcão foi uma das principais estrelas verde e amarelas, anotando dois gols.

Com os tentos, o jogador se aproximou ainda mais de uma marca histórica. Agora, Falcão precisa apenas de sete gols para chegar a 400 vestindo a camisa verde e amarela.

"Acho que o grande diferencial é a gente estar com a Seleção absoluta aqui. Parecia que o jogo ia ser mais complicado, mas nós acabamos resolvendo. Para mim, eu tenho que estar provando sempre", avaliou o camisa 12.

"Desde 2011 há um grupinho do futsal que quer me ver fora daqui. Esse tipo de cobrança só me motiva a estar cada vez melhor. Estou completando 20 anos de seleção e nunca deixei a peteca cair", completou.

A vitória fez com que o Brasil terminasse a primeira rodada na liderança, ficando à frente da República Tcheca por um gol de diferença. Um pouco antes, os tchecos aplicaram 9 a 0 na Bélgica. Já nesta quarta, às 19h15h (de Brasília), os brasileiros retornam aos trabalhos diante da Costa Rica.

O duelo, como mostra o placar, foi marcado pelo domínio verde e amarelo em solo catarinense. Dieguinho, três vezes, Jackson Samurai, Léo Santana, Ferrão, Daniel Japonês e Bruno, além de Falcão, com seus dois gols, foram os responsáveis por construir a goleada da Seleção. O gol de honra dos uruguaios foi marcado por Xande.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade