0

Volante crê em semana decisiva para time reconquistar torcedores

13 fev 2018
09h20
atualizado às 09h20
  • separator
  • comentários

O São Paulo considera o confronto com o CSA-AL, pela Copa do Brasil, como elementar para reconquistar sua torcida, insatisfeita com o desempenho ruim da equipe neste início de temporada. A pressão pode aumentar ainda mais caso o Tricolor seja eliminado precocemente do torneio nacional e, em seguida, perca o clássico contra o Santos, pelo Paulistão. Justamente por isso, o triunfo na próxima quinta-feira se tornou obrigação para que o elenco encare o Peixe mais confiante.

"No futebol. A gente vive uma oportunidade atrás da outra e essa é mais uma grande oportunidade de trazer o torcedor para nós. Temos que ir lá, fazer um bom jogo em Maceió, contra o CSA, vencer a partida e depois ir incorporando para o clássico contra o Santos. O torcedor é muito importante para o São Paulo, demonstrou isso ano passado. Quanto mais próximo eles estiverem da gente, maior o nosso nível de rendimento", afirmou Hudson, provável titular no duelo com os alagoanos.

Embora venha de três vitórias consecutivas e esteja muito próximo de quebrar um longo jejum, o São Paulo não vive uma boa situação na temporada. A folga de Carnaval até abafou as duras críticas por parte da imprensa e torcida, no entanto, uma exibição semelhante às últimas pode seguir colocando Dorival Jr em maus lençóis. Ciente disso, o técnico vem sendo bastante enérgico e exigente durante os treinamentos.

"Acho que temos que ter uma postura melhor. Estamos vencendo há três jogos, mas sabemos que o nosso rendimento tem que melhorar. Não estamos rendendo o esperado, temos buscado acertar cada vez mais esses detalhes, principalmente no começo de ano, que é um pouco mais difícil. Estamos procurando encaixar o mais rápido possível para que as coisas possam fluir melhor dentro do jogo e a torcida se agrade mais com o futebol que a gente apresentar", prosseguiu o camisa 25.

Nem mesmo o fato de estar prestes a encarar um time com um poderio econômico extremamente inferior faz com que o Tricolor se prepare de maneira mais tranquila. Atual campeão da Série C, o CSA-AL sabe que a responsabilidade de vencer é toda do adversário. Isso somado ao fato de os alagoanos jogarem em casa obriga os são-paulinos a redobrarem a atenção com os anfitriões.

"Esse ano mudou o regulamento da Copa do Brasil. A questão do gol fora de casa, que às vezes fazia muita diferença, agora já não tem mais. Essas primeiras fases são traiçoeiras, tem que tomar um cuidado maior. É preciso saber jogar muito bem fora de casa nas próximas fases, evitar erros, porque são jogos eliminatórios. O time vai ganhando corpo, qualquer oba-oba não é bem-vindo. O grupo é experiente e tenho certeza que todos têm a missão de levar o São Paulo mais longe possível", concluiu o volante tricolor.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade