PUBLICIDADE

Vasco se agarra ao tapetão para tentar virada de mesa

Diretoria do clube ainda alimenta esperança de ver jogo com Inter anulado

22 fev 2021
11h51 atualizado às 11h52
0comentários
11h51 atualizado às 11h52
Publicidade

O Vasco ainda não jogou a toalha do rebaixamento para a Série B. Não que acredite numa reviravolta dentro de campo, na qual seu time teria de vencer o Goiás na última rodada e torcer por derrota do Fortaleza para o Fluminense, com a obrigação de tirar uma diferença de 12 gols de saldo em relação ao time cearense. A esperança vascaína vem do tapetão.

Embora considerem remota a possibilidade de conseguir a anulação do jogo da equipe com o Inter, pela 36ª rodada do Brasileiro, no qual o Vasco perdeu por 2 a 0, há entre dirigentes do clube carioca um fio de esperança de que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) acolha seu pedido para que haja uma nova partida contra o Inter.

Vasco ainda tem esperança de evitar a queda no Brasileiro, via tapetão
Vasco ainda tem esperança de evitar a queda no Brasileiro, via tapetão
Foto: Mauro Horita / Estadão Conteúdo

Tudo por causa do polêmico primeiro gol dos gaúchos, quando o VAR apresentou problemas técnicos e não conferiu se Rodrigo Dourado estava ou não impedido na origem do lance que resultou em sua finalização certeira.

Na sexta (19), o presidente do STJD, Otávio Noronha, determinou a intimação da CBF para que fossem liberados vídeos e áudios daquela partida, realizada em 14 de fevereiro, em São Januário. Somente após o recebimento e análise desse material, ele se manifestaria sobre dar prosseguimento ou não à iniciativa do Vasco.

 

Fonte: Silvio Alves Barsetti
Publicidade
Publicidade