4 eventos ao vivo

Vanderlei ganha elogios de Sampaoli, mas se irrita com busca santista por goleiro

Novo treinador teria pedido um jogador da posição que saiba sair jogando com os pés

14 jan 2019
11h02
atualizado às 11h02
  • separator
  • comentários

Um dos destaques do Santos no empate por 1 a 1 com o Corinthians, em amistoso disputado no domingo, Vanderlei poderia ter deixado o estádio do rival satisfeito em função do seu bom desempenho. Mas o goleiro exibiu insatisfação com um dos pedidos do técnico Jorge Sampaoli para a diretoria do clube: a contratação de um jogador para a sua posição.

"Não foi conduzido da maneira mais correta. Mas tenho que trabalhar. Sou funcionário do clube e tenho que tentar fazer o melhor. Independentemente do que vai acontecer, tenho que trabalhar e fazer o melhor com a camisa do Santos", afirmou o goleiro após a partida na Arena Corinthians.

O pedido de Sampaoli se deu pela avaliação de que o Santos precisa de um goleiro com capacidade para iniciar a saída de jogo com os pés, característica que não está entre as principais de Vanderlei, ainda que ele tenha sido um dos destaques do time nas últimas temporadas, tendo status de titular absoluto.

Nas últimas semanas, a diretoria do Santos tentou reforçar o Santos com o argentino Martin Campaña, do Independiente. E também exibiu interesse em Everson, do Ceará, em uma tentativa de atender ao pedido de Sampaoli, que pretende adotar um novo estilo de jogo no Santos, com valorização da posse de bola e participação do goleiro com a bola nos pés.

Em sua entrevista coletiva após o clássico, Sampaoli exaltou a atuação de Vanderlei, que fez uma defesa espetacular quando o time perdia por 1 a 0, em finalização de Gustagol. O treinador, porém, admitiu que será preciso tempo para o goleiro se adaptar ao que ele exige para um jogador da sua posição.

"Precisamos de alguém que jogue bem com os pés. Vanderlei, nós não analisamos com os pés porque ele não fez isso nos últimos anos. Se não fosse por ele, estaríamos perdendo por 2 a 0 no começo. Vamos trabalhar para que ele jogue com os pés. Precisamos ter alternativa com Vladimir ou outro que chegue. Não há muito tempo pelo número de jogos. Hoje, o jogo passou muito pelos pés do Vanderlei", disse.

Após o amistoso de domingo, o elenco santista volta a treinar nesta segunda-feira, quando intensificará a preparação para a sua estreia no Campeonato Paulista, sábado, na Vila Belmiro, contra a Ferroviária.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade