0

Valentim lamenta empate com o Fla: "não era o que queríamos"

Cruzmaltino ocupa a zona de rebaixamento no Brasileirão, com 25 pontos, na 17ª colocação

16 set 2018
14h50
atualizado às 15h21
  • separator
  • 0
  • comentários

O empate com o Flamengo por 1 a 1, no estádio Mané Garrincha, gerou um misto de emoções no torcedor do Vasco. Se o resultado no clássico foi bom para o elenco ganhar confiança após quatro derrotas consecutivas, o vacilo de Luiz Gustavo, autor do gol contra, e a vantagem numérica depois que Diego foi expulso caíram como um balde de água fria para o clube, que se mantém na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro ao final da 25.ª rodada.

Alberto Valentim durante jogo entre Flamengo e Vasco, em Brasília
Alberto Valentim durante jogo entre Flamengo e Vasco, em Brasília
Foto: Edu Andrade/Fatopress / Gazeta Press

"Em se tratando de classificação, não é o resultado que queríamos. Gostei muito do primeiro tempo. Era a nossa proposta de jogo, procurando jogar futebol no campo do adversário. Poderíamos ter feito o segundo gol", avaliou o técnico Alberto Valentim.

Com 25 pontos, o Vasco segue entre as piores campanhas da competição e pode fechar o final de semana na vice-lanterna, dependendo dos resultados de Sport e Chapecoense.

Protagonista negativo do clássico para o time vascaíno, o zagueiro Luiz Gustavo também lamentou o gol contra. Ele acompanhou um cruzamento de Pará pela direita e acabou testando contra a própria meta.

"Eu fui infeliz na bola, né, fazer o quê? Agora é levantar a cabeça e seguir trabalhando. Empatamos com uma excelente equipe, que está brigando na parte de cima da tabela. É pensar no próximo jogo pra que as coisas comecem a dar certo daqui para frente", projetou.

Outro personagem da partida foi o volante Bruno Silva. Com 27 minutos da etapa final, ele se chocou com Luiz Gustavo no meio de campo e caiu desacordado, exigindo a entrada da ambulância. Na queda ele bateu a cabeça e parte da nuca no gramado. Depois de prestar socorro em campo, o jogador foi levado para uma clínica particular em Brasília. Ele retomou a consciência, passou por exames de imagens e foi descartada lesão na coluna cervical. Ele não teve nenhuma fratura no crânio.

"Tomara que não seja nada de grave, apenas um susto com a pancada forte que ele tomou", desabafou Alberto Valentim. O próximo compromisso do Vasco é no dia 24 de setembro, às 20 horas, contra o Bahia, em São Januário, no Rio de Janeiro, pela 26.ª rodada do Brasileirão.

Veja também

Presidente do Vasco explica escolha por Alberto Valentim

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade