4 eventos ao vivo

Tuchel confirma PSG sem trio de ataque sul-americano em semi da Copa da França

Sem Neymar, Cavani e Di María, gigante francês aposta em Mbappé contra o Nantes

2 abr 2019
14h37
atualizado às 14h37
  • separator
  • 0
  • comentários

O Paris Saint-Germain não terá o trio de ataque sul-americano para a semifinal da Copa da França contra o Nantes, nesta quarta-feira, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris. Além da ausência do brasileiro Neymar, em recuperação de uma lesão no quinto metatarso do pé direito, sofrida no final de janeiro, o técnico alemão Thomas Tuchel revelou nesta terça que o time não terá as presenças em campo, por conta de contusão, do uruguaio Edinson Cavani e do argentino Angel Di María.

Com previsão de 10 semanas de tratamento, a expectativa é que Neymar voltasse a jogar agora, mas como o Paris Saint-Germain já foi eliminado da Liga dos Campeões da Europa, o clube preferiu prosseguir de modo mais conservador a recuperação. Assim, a ideia é colocá-lo em campo no final deste mês.

Cavani tem uma lesão muscular na perna direita, sofrida ainda antes da paralisação dos campeonatos na Europa para a data Fifa de março, e Di María sofreu uma contusão na perna esquerda durante um treinamento da seleção argentina para o amistoso contra a Venezuela, realizado no último dia 29, em Madri.

Em entrevista coletiva nesta terça-feira, Tuchel revelou, sem dar muitas informações, que outros dois jogadores que ficaram de fora das últimas partidas poderá estar em campo contra o Nantes. "Talvez Julian Draxler e Dani Alves possam jogar", explicou sucintamente. O brasileiro sofreu uma lesão no joelho esquerdo há cerca de um mês, que o tirou dos amistosos que a seleção fez contra Panamá e República Checa.

Para derrotar o Nantes, o treinador do Paris Saint-Germain acredita no potencial de seu principal atacante no momento: Kylian Mbappé. "É um tubarão. Tem uma grande mentalidade, ele quer fazer gol sempre, é um tubarão. Se você deixar cair uma gota de sangue, ele aparece", disse sobre o jogador de 20 anos.

"É um jogador extraordinário. Quando ele sente a possibilidade de marcar, ele está lá. Nos treinos de finalização ele mostra sua qualidade, está sempre pronto para marcar. Seu objetivo é fazer gol atrás de gol, é excepcional que se comporte assim", completou o técnico alemão.

Mbappé é o atual artilheiro do Campeonato Francês, com 27 gols, e em 80 partidas com a camisa do Paris Saint-Germain já balançou as redes 53 vezes.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade