0

Tottenham supera Crystal Palace em estreia no novo estádio e fica em 3º no Inglês

Equipe vence por 2 a 0 na primeira partida dos profissionais em nova arena

3 abr 2019
18h52
atualizado às 18h52
  • separator
  • 0
  • comentários

No primeiro jogo realizado em seu novo estádio, construído a um custo de 1 bilhão de libras esterlinas (cerca de R$ 5 bilhões), o Tottenham venceu o Crystal Palace por 2 a 0, nesta quarta-feira, em Londres, e se garantiu na terceira posição do Campeonato Inglês.

A equipe comandada pelo argentino Maurício Pochettino foi aos 64 pontos e ficou um à frente de Arsenal e Chelsea, ambos com 63 pontos e respectivos quarto e quinto colocados. O último destes times superou o Brighton por 3 a 0, também na capital inglesa em outro duelo do dia, para passar a ocupar o posto que garante um lugar na Liga Europa na próxima temporada.

Tottenham e Chelsea, por sua vez, mantiveram suas chances de classificação para a Liga dos Campeões, que é assegurada aos quatro primeiros da tabela do Inglês. E os triunfos desta quarta deixaram as duas equipes londrinas à frente do Manchester United, agora sexto colocado, com 61 pontos. Em uma disputa paralela pelo título e já garantidos na competição continental, Manchester City e Liverpool ocupam respectivamente a liderança e o segundo lugar, com 80 e 79 pontos.

Com a vitória desta terça-feira, os torcedores do Tottenham também festejaram por duas vezes, pois pouco antes do confronto o Tottenham Hotspur Stadium foi oficialmente inaugurado em uma cerimônia que contou com a explosão de fogos de artifício.

Depois, com a bola rolando, o primeiro tempo foi todo dos anfitriões, que poderiam ter balançado as redes por pelo menos duas vezes antes do intervalo. O primeiro gol do novo estádio, que tem capacidade para 62 mil torcedores, mas que recebeu nesta quarta 59.215 espectadores, foi marcado pelo sul-coreano Heung-Min Son, após um bate-rebate dentro da área, aos dez minutos da etapa final.

Christian Eriksen fez o segundo gol, aos 35 minutos, depois de uma jogada individual de Harry Kane. A bola sobrou para o dinamarquês, que bateu rápido e preciso para fechar o placar.

O roteiro da vitória do Chelsea, conquistada no estádio Stamford Bridge, foi semelhante ao do Tottenham. Também com domínio total da partida, só foi ameaçado pelo Brighton quando já tinha vantagem confortável no placar.

Antes disso, o francês Olivier Giroud demonstrou oportunismo para fazer 1 a 0, aos 38 minutos de jogo. Na segunda etapa, aos 15, o belga Eden Hazard, com grande categoria, ampliou o placar. E três minutos depois, Ruben Loftus-Cheek definiu o 3 a 0.

Com as derrotas sofridas para os rivais londrinos, o Crystal Palace e o Brighton ficaram nas respectivas 13ª e 15ª posições do Inglês, com 36 e 33 pontos, mas seguem com vantagem considerável para a zona de rebaixamento, hoje encabeçada pelo Cardiff, 18ª, com 28 pontos, e que em outro duelo desta quarta foi derrotado por 2 a 0 pelo Manchester City.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade