1 evento ao vivo

Tolima é eliminado da Copa Sul-Americana por causa de ex-corintiano

2 jun 2017
00h42
atualizado às 01h02
  • separator
  • comentários

Carrasco do Corinthians de Ronaldo, Roberto Carlos e Tite na Pré-Libertadores de 2011, o Tolima foi eliminado da Copa Sul-Americana na noite dessa quinta-feira por causa de um jogador do Alvinegro do Parque São Jorge. Arce, atacante boliviano que atuou pelo Timão entre 2006 e 2007, marcou de pênalti o gol da vitória do Bolivar por 1 a 0 no estádio Hernando Siles, em La Paz, e garantiu a equipe da casa na próxima fase, já que no duelo de ida, na Colômbia, o Tolima venceu por 2 a 1. Nesse caso, o gol qualificado determinou o time classificado.

Quem também segue vivo na competição continental é o tradicional Racing. Os argentinos já haviam vencido a equipe do Aguilas por 1 a 0, em casa. Nessa quarta, o zagueiro Valencia acabou facilitando tudo ao entregar a bola para Cuadra, quando seu goleiro deixava a meta para afastar o perigo. O atacante do Racing não perdoou e marcou um belo gol por cobertura de todos. Na segunda etapa, Luis Hurtado decretou o empate por 1 a 1, mas não evitou a eliminação do Aguilas, na Colômbia.

Outras duas equipes avançaram à segunda fase da Copa Sul-Americana. O Boston River, do Uruguai, arrancou um empate em 1 a 1 com o Comerciantes Unidos, do Peru, no estádio Juan Maldonado Gamarra, em Cutervo, e ficou com a vaga por ter batido do rival no primeiro encontro por 3 a 1.

Já os equatorianos do Deportivo Cuenca sofreram um duro revés diante do Oriente Petrolero. Na Bolívia, empate por 1 a 1, e, nessa quarta, no estádio Alejandro Serrano Aguilar, quando o Deportivo Cuenca parecia que ficaria com a vaga graças a gol de Dinenno, Maximiliano Freitas deixou tudo igual em cobrança de pênalti aos 40 minutos do segundo tempo. A definição da vaga foi para a marca da cal, e o Oriente Petrolero se deu bem com uma vitória por 8 a 7

Assim, estão definidas todas as equipes que classificados para a segunda fase da Copa Sul-Americana. Os brasileiros Corinthians, Ponte Preta, Sport e Fluminense se juntam a Nacional, Defensa y Justicia, Nacional Potosí, Deportivo Cali, Universidad de Quito, LDU, Patriotas, Sol de América, Cerro Porteño, Huracán, Oriente Petrolero, Independiente, Boston River, Arsenal de Sarandí, Fuerza Amarilla, Bolivar, Palestino e Racing. Cruzeiro e São Paulo deram adeus ao torneio logo na primeira fase.

Agora, a Conmebol vai promover um sorteio para definir os próximos confrontos, mandos de campo e, em seguida, anunciará as datas e os horários das partidas.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade