0

Tite não disputa uma final desde a Recopa de 2013, pelo Corinthians

6 jul 2019
09h24
atualizado em 8/7/2019 às 04h28
  • separator
  • 0
  • comentários

Ao mesmo passo que a Seleção Brasileira volta ao Maracanã depois de seis anos, Tite retorna a uma final de campeonato após o mesmo período. Neste domingo, às 17 horas (de Brasília), no palco carioca, o Brasil busca seu nono título de Copa América, enquanto o treinador quer seu primeiro caneco dirigindo a equipe canarinha.

Tite não sabe o que é comandar uma equipe em decisão de campeonato desde julho de 2013, quando venceu os dois jogos diante do São Paulo e conquistou a Recopa Sul-Americana pelo Corinthians, onde ainda sagrou-se campeão paulista em 2013, brasileiro em 2011 e 2015, e da Libertadores e do Mundial, ambos em 2012.

A primeira final de Tite foi em 2000, temporada em que comandava o Caxias. Após grande campanha, o Falcão Grená decidiria o caneco gaúcho contra o Grêmio, confirmando a conquista após um 3 a 0 no Centenário e um empate sem gols no Olímpico. Esse foi o segundo título do treinador, que já havia levado a segunda divisão estadual com o Veranópolis, em 1993.

Entre 2000 e 2013, Tite marcou presença em 13 decisões, divididas entre Caxias, Grêmio, Internacional e Corinthians, vencendo 10 e perdendo apenas três. Duas das derrotas aconteceram em 2009, quando foi derrotado na Copa do Brasil e na Recopa Sul-Americana pelo Colorado. Em 2011, o último revés, contra o Santos, de Neymar, no Campeonato Paulista.

Os 10 títulos em finais ficam por conta do Gaúcho de 2000 (Caxias), Copa do Brasil e Gaúcho de 2001 (Grêmio), Sul-Americana de 2008 e Copa Suruga de 2009 (Internacional), Libertadores e Mundial de 2012 e Paulista de 2013 (Corinthians).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade