0

Thomaz vê possível ida à Universidad do Chile como "opção interessante"

5 jan 2018
09h07
atualizado às 10h18
  • separator
  • 0
  • comentários

Com pouco espaço no São Paulo, o meio-campista Thomas pode estar de saída do clube. Contratado no primeiro semestre de 2017, o jogador se mostrou feliz pelo interesse da Universidad do Chile e animado com a possibilidade de disputar a Copa Libertadores deste ano.

"Tenho contrato com o São Paulo até 2020, estou contente aqui, mas esta notícia me alegrou muito. É uma equipe muito tradicional, que vai jogar a Copa (Libertadores) e seria uma opção muito interessante", afirmou o meia de 31 anos, em entrevista à Fox Sports, do Chile.

A tendência é que, caso chegue uma proposta oficial, o Tricolor não coloque empecilhos na liberação de Thomaz, que perdeu espaço na equipe após a chegada do técnico Dorival Júnior, em julho. Com o treinador, ele foi acionado apenas quatro vezes, todas entrando no segundo tempo.

"Se realmente chegar uma proposta vou analisá-la com muito carinho. É uma equipe muito importante", avisou Thomaz, que chamou atenção de Rogério Ceni por sua atuação na derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, no Palestra Itália, em março, quando defendia o Jorge Wilstermann-BOL, pela Libertadores.

A contratação é um pedido do técnico argentino Ángel Guillermo Hoyos, que em 2016, enquanto comandante da Bolívia, sugeriu a Thomaz que se naturalizasse para jogar pela seleção. Na época, o meia era o principal destaque do Jorge Wilstermann. Há ainda uma sondagem do também chileno Unión Española, que sai atrás na disputa por não estar entre os classificados para a Libertadores de 2018.

No total, Thomaz participou de 19 partidas com a camisa tricolor em 2017, sendo titular em apenas três delas. Contribuiu com dois gols e uma assistência nesse período. Ele se reapresentou normalmente ao São Paulo na última quarta-feira, quando o time iniciou a sua pré-temporada no CT da Barra Funda.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade