0

"Temos que aceitar o favoritismo", diz técnico da Espanha

Julen Lopetegui vê seleção em um grupo forte com Portugal, Irã e Marrocos

11 jun 2018
10h38
atualizado às 12h15
  • separator
  • comentários

Uma das favoritas para o título da Copa do Mundo, a Espanha estreia no Mundial na próxima sexta-feira, quando encara a também forte equipe de Portugal. Mesmo faltando quatro dias para o confronto, o técnico Julen Lopetegui já falou sobre as partidas na fase de grupos e sobre o fato de ser considerado uma das equipes mais fortes do torneio.

Diego Costa é um dos destaques do setor ofensivo espanhol
Diego Costa é um dos destaques do setor ofensivo espanhol
Foto: Stefano Rellandini / Reuters

"Ser favorito é algo que não podemos controlar. Temos de aceitar essa situação sem que isso afete o nosso emocional, sem que atrapalhe nosso desempenho em campo. É claro que nesta altura há muitas apostas e prognósticos, mas isso não vai nos ajudar a ganhar a Copa do Mundo", afirmou o técnico espanhol durante em entrevista à revista alemã Kicker.

O treinador também falou sobre as três equipes que serão adversárias da Espanha no Grupo B do Mundial. "Portugal é o atual campeão da Europa, não há muito a dizer. O Irã foi o melhor time na Ásia, enquanto o time de Marrocos tem muitos talentos na mão do técnico Hervé Renard, que é um especialista em seleções africanas. Estas três equipes vão exigir que nosso grupo dê o melhor de nós na primeira fase".

Desde que Lopetegui assumiu o comando técnico da equipe, a Seleção Espanhola teve uma melhora significativa após o fraco desempenho da Eurocopa de 2016 (a Roja defendia o bicampeonato e caiu nas oitavas de final). O desempenho é tão positivo que, um dia após o comandante anunciar os 23 convocados para o Mundial na Rússia, a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) renovou seu contrato até 2020.

Veja também

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade