PUBLICIDADE

Técnico da Croácia vê Kane perigoso, mas alerta: "Conseguimos parar Messi"

8 jul 2018 16h22
ver comentários
Publicidade

A Croácia segue viva na Copa do Mundo. Depois de dois jogos complicados na fase de mata-mata, vencendo Dinamarca e Rússia nos apenas nos pênaltis, os croatas terão uma pedreira pela frente: a Inglaterra. Os ingleses estão de volta a uma semifinal depois de 28 anos e querem provar que estão prontos para serem campeões. E para tanto, tem em seu capitão e artilheiro, Harry Kane, o principal trunfo. Mas, isso não assusta Zlatko Dalic, técnico da Croácia.

"Harry Kane é o artilheiro da Copa do Mundo, tem todo o mérito, marcou seis gols. Mas Lovren o conhece bem do Campeonato Inglês e não tenho medo disso. Não é fácil, mas temos bons zagueiros e mostramos que éramos bons em defender. Tenho confiança neles. Ele não é fácil, mas conseguimos parar Messi. Tentaremos fazer o mesmo", pontuou.

Quanto ao jogo em si, Dalic afirmou que talvez promova mudanças na equipe e espera um duelo difícil contra os Three Lions: "Vou pensar na melhor solução para esse jogo. Talvez precise mudar algo, mas nada muito diferente do que estamos adaptados. Se mudar algo, não podemos arriscar algo que não seja 100%. Não podemos permitir nenhum erro neste sentido", avaliou.

"O fato de estarem na semi já mostra a força do time, jovem, com qualidade e lidou relativamente fácil com a Suécia. Vai ser um jogo difícil para nós. Sabemos que eles estão analisando a gente também. Vamos falar mais sobre eles aos jogadores. Por mais que respeitemos a Inglaterra, respeitamos a nós mesmos e nossa forças", acrescentou.

Por fim, Dalic exaltou a campanha croata até aqui, que é melhor do que diversas potências do futebol mundial, e deu a dimensão do que significará eliminar os ingleses: "Já é um grande feito para nós. Já temos alguns países como Argentina, Brasil e Alemanha de férias e estamos aqui. Parar a Inglaterra seria um feito. Estamos lutando, mostrando nossa qualidade. Se tivéssemos o dinheiro da Inglaterra, quem sabe qual seria nosso fim", concluiu.

A semifinal entre Croácia e Inglaterra acontece na próxima quarta-feira, às 15h (de Brasília), em Luzhniki, na capital Moscou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade