PUBLICIDADE

Tabu, título inédito e hegemonia: veja a lista de campeões estaduais de 2021

Dezesseis torneios regionais foram encerrados neste fim de semana; o 'Estadão' destaca os vencedores

24 mai 2021 12h36
| atualizado às 12h55
ver comentários
Publicidade

Após mais uma temporada marcada por interrupções em decorrência da pandemia do novo coronavírus, 16 campeonatos estaduais foram encerrados no fim de semana. No Paulistão e em Pernambucano houve quebra de tabu, enquanto na Bahia, Espírito Santo e Goiás times que jamais haviam vencido a competição levaram o título para suas casas. A festa foi grande. O Estadão mostra quem são os campeões de 2021.

No tempo regulamentar

Campeonato Alagoano - CSA

O CSA igualou o placar diante do CRB por 1 a 1 e levou a decisão do Alagoano para as penalidades. Com o goleiro Thiago Rodrigues inspirado, o time superou o adversário por 4 a 3 e sagrou-se campeão estadual pela 40º vez.

Campeonato Amazonense - Manaus

O Manaus venceu o São Raimundo por 3 a 2 no tempo regulamentar e conquistou sua quarta taça do Estadual. O time igualava o placar com o adversário até os 51 minutos do segundo tempo, quando saiu o gol salvador.

Campeonato Carioca - Flamengo

O Flamengo superou o Fluminense por 3 a 1 e voltou a conquistar o título do Rio. A equipe rubro-negra sai de campo com a taça do Carioca em mãos pelo terceiro ano seguido. Gabigol fez dois gols.

Campeonato Cearense - Fortaleza

Com melhor campanha ao longo do torneio, bastou ao Fortaleza igualar o marcador sem gols com o Ceará para levar para casa o título regional. O clube tricolor sagrou-se campeão pela 44ª vez.

Campeonato Gaúcho - Grêmio

O Grêmio ficou no 1 a 1 com o Internacional e se tornou tetracampeão gaúcho. Além da conquista, o time manteve um tabu diante do maior rival. O Colorado não vence o Gre-Nal desde 2014.

Campeonato Maranhense - Sampaio Corrêa

O Sampaio Corrêa conquistou o bicampeonato maranhense após superar o Moto Club por 3 a 1 neste domingo.

Campeonato Mato-grossense - Cuiabá

O Cuiabá conseguiu reverter a desvantagem no marcador da primeira partida e conquistou o décimo título estadual de sua história sobre o Operário. A vitória por 2 a 1 lhe garantiu uma campanha invicta.

Campeonato Mineiro - Atlético-MG

Detentor da melhor campanha do torneio, o Atlético teve a vantagem de igualar o marcador com o América na decisão. E foi isso o que aconteceu. Sem gols nas duas partidas da final, a equipe alvinegra saiu de campo com seu 46º título em mãos.

Campeonato Paraense - Paysandu

Foi com três gols de Gabriel Barbosa, apelidado carinhosamente de "Gabigol da Curuzu", que o Paysandu goleou a Tuna Luso por 4 a 1 e sagrou-se campeão estadual.

Campeonato Piauisense - Altos

Com atuação sólida, o Altos superou o Fluminense-PI por 3 a 0 e conquistou seu terceiro título estadual.

Campeonato Sergipano - Sergipe

Apesar de ter se classificado para o mata-mata com a pior campanha entre os semifinalistas, o Sergipe conquistou seu 36ª título regional sobre o favorito Confiança. A equipe venceu o jogo de ida por 3 a 1 e perdeu a última partida por 1 a 0.

Título inédito

Pela primeira vez

Campeonato Baiano - Atlético de Alagoinhas

Após 51 anos, o Atlético de Alogoinhas conquistou o Campeonato Baiano. Mesmo com um jogador a menos e tendo marcado um gol contra, o time superou o Bahia de Feira de Santana por 3 a 2 e levou a taça inédita para casa.

Campeonato Goiano - Grêmio Anápolis

Foi nos pênaltis que o Grêmio Anápolis superou o Vila Nova e sagrou-se campeão estadual pela primeira em sua história.

Campeonato Capixaba - Real Noroeste

Quem também acrescentou uma nova conquista em sua sala de troféus foi o Real Noroeste. A equipe superou o Rio Branco VN nos pênaltis e saiu de campo com o título inédito em mãos.

Quebrando tabu

Campeonato Paulista - São Paulo

O São Paulo encerrou jejum de nove anos sem título estadual neste domingo. O Tricolor venceu o Palmeiras por 2 a 0, no Morumbi, e levantou a taça do Paulistão Sicredi 2021.

Campeonato Pernambucano - Náutico

O Náutico voltou a vencer o Sport em uma decisão após 53 anos. O 23º título veio após disputa de pênaltis.

Estadão
Publicidade
Publicidade