0

'Se sair, CR7 será eternamente grato ao Real', diz agente

Em tom de hipótese, agente diz que "se a troca de clube acontecer, será apenas mais uma fase e mais um novo desafio"

5 jul 2018
20h52
atualizado às 21h02
  • separator
  • comentários

Em mais um movimento que pode indicar a saída de Cristiano Ronaldo do Real Madrid, o agente do jogador, o também português Jorge Mendes, afirmou nesta quinta-feira (5) que o atacante seria "eternamente grato" ao clube espanhol se optar pela saída nesta janela de transferências. O destino seria a Juventus.

"Ele seria eternamente grato ao clube, ao presidente, aos diretores, ao departamento médico, a todos os funcionários, sem exceção, e a todos os fãs do Real Madrid pelo mundo", declarou Mendes, em entrevista ao jornal português Record. Ele não confirmou e nem negou a possível transferência do jogador ao time italiano.

Cristiano Ronaldo em ação contra a Juventus, pela Liga dos Campeões
Cristiano Ronaldo em ação contra a Juventus, pela Liga dos Campeões
Foto: ANSA / Ansa

Falando também em tom de hipótese, ele disse que "se a troca de clube acontecer, será apenas mais uma fase e mais um novo desafio na brilhante carreira" de Cristiano Ronaldo. O jogador de 33 anos já havia indicado uma possível saída do clube madrilenho logo após a final da Liga dos Campeões, em que o Real bateu o Liverpool por 3 a 1, no fim de maio.

O atacante afirmara que iria pensar sobre o seu futuro quando estivesse com a seleção de Portugal na Copa do Mundo da Rússia. A equipe já foi eliminada, pelo Uruguai, nas oitavas de final. Nos últimos dias, começaram a surgir os rumores sobre a possível ida do melhor jogador do mundo para a Juventus.

De acordo com a imprensa espanhola e italiana, a transferência já é certa. E seria anunciada ainda nesta quinta, o que não se confirmou. A expectativa agora é de que o acerto, se confirmado, seja anunciado até o fim de semana.

Trajetória

Cristiano Ronaldo, atualmente no Real Madrid, pode estar com o destino certo para a Itália na próxima temporada
Cristiano Ronaldo, atualmente no Real Madrid, pode estar com o destino certo para a Itália na próxima temporada
Foto: Phil Noble / Reuters

Cristiano Ronaldo chegou ao Real Madrid na metade de 2009 com títulos nacionais pelo Manchester United na bagagem, além de um troféu da Liga dos Campeões, um título do Mundial de Clubes e uma Bola de Ouro da Fifa.

No clube espanhol, as conquistas foram amplamente aumentadas. Foram mais quatro títulos da Liga dos Campeões, três Mundiais, dois Campeonatos Espanhóis, além de dois troféus da Copa do Rei e o mesmo número de conquistas na Supercopa da Espanha e na Supercopa da Europa. Individualmente, faturou mais quatro prêmios de melhor do mundo.

Veja também:

 

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade