PUBLICIDADE

Saiba onde assistir ao clássico entre São Paulo e Palmeiras

Trunfo da equipe comandada por Rogério Ceni é o bom desempenho em casa, onde soma 13 pontos em cinco jogos; rival, por sua vez, defende invencibilidade de 18 partidas no duelo

20 jun 2022 05h10
| atualizado às 07h36
ver comentários
Publicidade
Danilo jogador do Palmeiras disputa lance com jogador do São Paulo durante partida no Allianz Parque pelo campeonato Paulista 2022
Danilo jogador do Palmeiras disputa lance com jogador do São Paulo durante partida no Allianz Parque pelo campeonato Paulista 2022
Foto: Ettore Chiereguini/AGIF / Gazeta Press

O São Paulo vai precisar de sua imposição como mandante diante do Palmeiras hoje para se recuperar no Campeonato Brasileiro. O jogo será às 20h, no Morumbi. Embora não tenha vencido nenhuma partida como visitante, a equipe de Rogério Ceni se destaca jogando em casa. O time é o segundo melhor mandante, com 13 pontos em cinco jogos, apenas um atrás do próprio Palmeiras.

Considerando-se o aproveitamento em casa, o São Paulo lidera com 86,6% dos pontos (quatro vitórias e um empate) ante 73,3% do Corinthians, que somou 11 pontos em cinco partidas como mandante. "Vai ser uma grande batalha. Esperamos ter a torcida do nosso lado. Penso que vão lotar o Morumbi e que vamos presenteá-los com um bom jogo", afirmou o atacante Calleri.

O fator "casa" também será importante na quinta-feira, quando os dois rivais iniciam a disputa pelas oitavas de final da Copa do Brasil no mesmo horário e no mesmo local. "Com eles (torcedores) cantando, temos 10%, 20% ou até 30% mais de gasolina, isso é verdade. Vamos jogar contra um dos melhores times e precisaremos do torcedor", completou o atacante argentino.

Para o clássico, o técnico Rogério Ceni tem poucas opções de variação de jogo. São oito desfalques, todos lesionados. Diante do líder, o time pode tentar repetir o que fez o Atlético Goianiense, que colocou o Palmeiras em dificuldades antes de ser goleado por 4 a 2. Uma das alternativas é o jogo aéreo e, principalmente, as enfiadas para finalização de Calleri, artilheiro do Brasileirão.

EMBALO

O Palmeiras vem atropelando os rivais. É um time que ataca os espaços, tem jogadores em grande fase, como Gustavo Gómez, Scarpa e Dudu, além de um grande trabalho do treinador. Abel Ferreira vive a maior sequência invicta desde que chegou. São 18 apresentações sem derrotas, sendo 14 vitórias e quatro empates.

Nessa sequência, a equipe garantiu a melhor campanha de um clube na história da primeira fase da Libertadores, chegou às oitavas de final da Copa do Brasil e se tornou líder do Brasileirão. "Não sei qual é o limite desses jogadores", declarou o treinador após a virada sobre o adversário de Goiás.

Mesmo sem Abel à beira do gramado - o português testou positivo para covid-19 -, o Palmeiras deverá manter a postura de atacar os espaços e equilibrar uma defesa forte com objetividade ofensiva. O auxiliar João Martins deve assumir a função. No lugar de Zé Rafael, suspenso, deve jogar Gabriel Menino - Atuesta corre por fora. O lateral Marcos Rocha e o meia Raphael Veiga se recuperam de lesões musculares.

"O Palmeiras está muito bem, é muito bom para o jogador voltar nessa fase. É sempre bom jogar clássicos. Na segunda, é um jogo muito importante para nos mantermos em primeiro lugar", afirmou o lateral Mayke, que deve voltar após um mês fora por lesão muscular.

FICHA TÉCNICA

São Paulo x Palmeiras

SÃO PAULO - Jandrei, Diego Costa, Arboleda e Léo; Rafinha, Pablo Maia (Patrick), Rodrigo Nestor, Igor Gomes e Reinaldo (Welington); Luciano e Calleri. Técnico: Rogério Ceni

PALMEIRAS -Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez (Murilo) e Piquerez; Danilo, Menino (Atuesta) e Gustavo Scarpa; Gabriel Veron, Dudu e Rony. Técnico: João Martins (auxiliar).

ÁRBITRO - Anderson Daronco (Fifa)

HORÁRIO - 20h.

LOCAL - Morumbi

TV -Premiere.

Estadão
Publicidade
Publicidade