0

Rival do Brasil, Suíça confirma Xhaka e evita surpresas na lista final para Copa

Jogador do Arsenal era dúvida e foi submetido a exames antes de aparecer na lista

4 jun 2018
13h38
atualizado às 13h41
  • separator
  • 0
  • comentários

Rival da seleção brasileira no Grupo E da Copa do Mundo, a Suíça evitou surpresas em sua lista final de convocados. Na relação confirmada nesta segunda-feira, última dia de apresentação do nome dos jogadores à Fifa, o técnico Vladimir Petkovic optou pela experiência entre as opções do elenco suíço.

Petkovic confirmou na lista final o nome de 17 jogadores que defenderam a seleção na Eurocopa de 2016. Nove deles contam com ao menos 50 jogos defendendo a camisa da equipe. A única baixa do treinador é o atacante Admir Mehmedi. Machucado, ele ficou de fora da relação de 23 jogadores.

Dúvida de última hora para a Copa, o meia Granit Xhaka foi garantido pelo treinador na lista final. O jogador do Arsenal se machucou no treino de quinta-feira passada. Ele seria submetido a exames médicos, cujos resultados não foram divulgados pela Federação Suíça de Futebol. Nesta segunda, o técnico acabou com qualquer suspense ao incluí-lo na relação.

Um dos exemplos de experiência no elenco, o meia Gelson Fernandes vai disputar sua terceira Copa do Mundo seguida. "Temos uma boa mistura de jogadores no nosso time", disse Petkovic.

Com muitos jogadores atuando no futebol alemão, o time suíço tem como principais destaques o lateral Stephan Lichtsteiner, da Juventus, e os meias Xhaka e Xherdan Shaqiri, do Stoke City.

Vindo de um empate por 1 a 1 com a Espanha, no domingo, a seleção suíça será a rival do Brasil na estreia das duas equipes na Copa do Mundo. O jogo está marcado para o dia 17, em Rostov. Depois, os suíços vão duelar com a Sérvia e a Costa Rica nos dias 22 e 27, respectivamente.

Confira a lista final de convocados da Suíça:

Goleiros: Roman Buerki (Borussia Dortmund), Yvon Mvogo (RB Leipzig), Yann Sommer (Borussia Mönchengladbach);

Defensores: Manuel Akanji (Borussia Dortmund), Johan Djourou (Antalyaspor), Nico Elvedi (Borussia Mönchengladbach), Michael Lang (Basel), Stephan Lichtsteiner (Juventus), Jacques-Francois Moubandje (Toulouse), Ricardo Rodriguez (Milan), Fabian Schaer (La Coruña);

Meio-campistas: Valon Behrami (Udinese), Blerim Dzemaili (Bologna), Gelson Fernandes (Eintracht Frankfurt), Remo Freuler (Atalanta), Xherdan Shaqiri (Stoke City), Granit Xhaka (Arsenal), Denis Zakaria (Borussia Mönchengladbach), Steven Zuber (Hoffenheim);

Atacantes: Josip Drmic (Borussia Mönchengladbach), Breel Embolo (Schalke), Mario Gavranovic (Dínamo de Zagreb) e Haris Seferovic (Benfica).

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade